Cinco fatores vistos na vitória do Real que dão esperança ao torcedor
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Cinco fatores vistos na vitória do Real que dão esperança ao torcedor

Real Madrid x Getafe
Real Madrid teve 78% de posse de bola na partida (Foto: AFP)
LANCE! - 20/08/2018 - 10:06
Madri (ESP)
O Real Madrid estreou com vitória no Campeonato Espanhol. O triunfo por 2 a 0, contra o Getafe, jogando em casa, serviu para dar esperanças aos torcedores merengues e exibir algumas boas facetas do novo Madrid de Julen Lopetegui. Posse de bola, força defensiva, toque de bola e a boa atuação de alguns jogadores foram os principais destaques da equipe.

78% de posse de bola
A equipe de Lopetegui gostar de jogar com a bola no pé. A partida contra o Getafe ilustrou bem esse ideal de Lopeteguie. O Real Madrid teve 78% de posse de bola, contra, apenas, 22% do Getafe. A última vez que o Real teve tanta posse de bola foi em 2012, contra o Levante, quando os 'blancos' tiveram 80% de posse.

Kross acerta 98% dos passes
Uma das dificuldades que fez com que o Getafe tivesse dificuldade de manter a posse de bola foi porque o Real Madrid soube rodar o jogo muito bem e trocar passes com eficiência. A equipe acertou 91% dos 793 passes que trocou na partida. Enquanto o Getafe acertou 65% dos 222 passes que efetuou. O líder no quesito foi o alemão Toni Kross, o meia teve incríveis 98% de acerto nos passes que tentou.

Solidez defensiva
A defesa foi composta por Nacho e Sérgio Ramos, além de Navas no gol. A equipe demonstrou solidez defensiva, mesmo sem Varane, titular e atual campeão da Copa do Mundo. O Getafe foi neutralizado e chutou apenas uma bola para o gol na partida. Carvajal, que também tem bom apoio defensivo, ainda foi um dos destaques do jogo, marcando um gol.

Bale corresponde
Com a saída de Cristiano Ronaldo, Gareth Bale surge como a principal arma ofensiva da equipe, tendo em vista que os dirigentes madrilenhos optaram por uma postura austera no mercado e na manutenção do elenco. Contra o Getafe, Bale foi eficiente, marcou um gol e foi desequilibrante. O galês teve grande atuação e participou muito bem da partida, chamando o devido protagonismo.

Novas apostas
Lopetegui tem dado mais chances a jogadores que não eram unanimidades com o último treinador, o francês Zinedine Zidane. O meia Dani Cabellos tem sido titular e tem correspondido. O zagueiro Nacho, substituindo Varane, teve uma excelente atuação, sendo um dos pilares defensivos. Lopetegui também tem dado sequência para Asensio. O jovem atacante espanhol fez sua segunda partida como titular e correspondeu, demonstrando bom entrosamento com Bale

Facebook Lance Twitter Lance