Chelsea vence retranca e conquista quarta vitória na Premier League
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Chelsea vence retranca e conquista quarta vitória na Premier League

Pedro
Pedro marcou o primeiro gol da partida (Foto: AFP)
Igor Galletti* - 01/09/2018 - 12:59
Londres (ING)
O Chelesea recebeu o Bournemouth, neste sábado e conquistou a sua quarta vitória consecutiva na Premier League. A equipe adversária soube se defender até a metade do segundo tempo, mas não resistiu a ofensiva dos Blues. Pedro e Giroud entraram na segunda etapa e construíram o primeiro gol da equipe da casa. Próximo do fim da partida, Hazard chutou cruzado e garantiu a vitória para o Chelsea.

Domínio no início
Jogando em casa, o Chelsea não sofreu muito perigo no início da partida. Apesar da equipe adversária ocupar a sexta colocação na tabela e estar invicta, com duas vitórias e um empate, o Bournemouth não conseguiu impor seu estilo de jogo, tendo em vista que os Blues, com um meio campo muito forte e uma zaga bem postada, neutralizou bem a ofensiva do adversário. Uma estatística interessante para ilustrar o domínio do Chelsea: aos 20 minutos do primeiro tempo, os Blues tiveram 85% de posse de bola.

Bournemouth na retranca
O time comandado por Maurizio Sarri está cada vez mais encorpado. O meio campo composto por Jorginho (um dos pilares da equipe), Kovacic e Kanté é dominante e a chave para o desenvolvimento da equipe. No ataque, a velocidade de Hazard e Willian, tem o respaldo do lateral Marcos Alonso, que faz ótimo início de temporada. Exposto a isso tudo e jogando fora, o Bournemouth passou a se defender e a povoar o setor defensivo. Dessa forma, o Chelsea teve dificuldades de entrar dentro da area e passou a chuter de fora da área como uma alternativa.

Boas chances no primeiro tempo
Apesar de jogar defensivamente e do Chelsea dominar a partida, o Bounermouth teve boa chance de abrir o placar. Um dos artilheiros da equipe, com dois gols em três jogos, o atacante Callum Wilson recebeu dentro da área, livre, mas não conseguiu pegou mal na bola e chutou para fora, de frente para o goleiro Kepa. O lance assustou o Chelsea, mas não foi um impeditivo para que a equipe continuasse mantendo o seu ritmo de jogo. A equipe de Sarri continuou atacando e quase marcou no final do primeiro tempo, em um chute de Marcos Alonso, após boa jogada trabalhada.

Substituições de Sarri funcionam
Conforme o tempo foi passando, a permanência do empate incomodava, cada vez mais, a equipe do Chelsea. O Bournemouth continuou fiel a sua tática de se defender e jogar no contra-ataque, enquanto os Blues apresentavam dificuldades de penetrar a retranca criada pelo adversário. Foi o time visitante que assustou e quase abriu o placar, mas Nathan Ake desperdiçou uma boa oportunidade.

Maurício Sarri percebendo que sua equipe não conseguia furar a retranca do adversário resolveu fazer duas substituições, que viriam a mudar o panorama da partida. O atacante espanhol Pedro entrou no lugar de Willian, enquanto Morata deu lugar a Giroud. Foram os dois substitutos que articularam o primeiro gol da partida. O espanhol tabelou com o francês, na entrada da área, driblou o marcador e bateu no canto esquerdo do goleiro Begovic.

Hazard decide
O Chelsea se soltou depois do primeiro gol e passou a jogar com mais tranquilidade. O gol de Pedro desarmou o Bournemouth, que se defendeu durante praticamente toda partida e agora precisava atacar para empatar. Os Blues souberam se aproveitar do momento e ampliaram o marcador com um de seus principais craques. Hazard recebeu passe de Marcos Alonso e bateu cruzado para aumentar a vantagem.

Agenda
A equipe de Maurício Sarri consegue sua quarta vitória consecutiva e se mantém como um dos times com 100% na Premier League. Na próxima rodada, recebe o Cardiff, às 11h, no dia 15 de setembro.

Outros resultados
Sem poder contar com Richarlison (expulso na última rodada), o Everton recebeu o Huddersfield e empatou por 1 a 1. Billing abriu o placar, mas  Calvert-Lewin, após assistência de Lucas Digne, empatou para os Toffes. Com gols de Schürlle e Mitrovic, o Fulham empatou com o Brighton, fora de casa, por 2 a 2. Glenn Murray, com dois gols, foi o destaque do time da casa.

*sob a supervisão de Leonardo Martins

Facebook Lance Twitter Lance