Em grande jogo, Liverpool e Chelsea empatam e City fica na liderança
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Em grande jogo, Liverpool e Chelsea empatam e City fica na liderança

Hazard
Hazard marcou o gol da Liga dos Campeões (Foto: Reprodução)
Igor Galletti* - 29/09/2018 - 15:23
Londres (ITA)
Liverpool e Chelsea fizeram um jogo digno da qualidade de seus elencos. A disputa pela liderança foi o tempero especial da partida.  O Chelsea abriu o placar, com Hazard, mas, próximo do fim, Sturridge saiu do banco e empatou a partida com um golaço. O jogo foi equilibrado, com ambas as equipes criando chances de gol e exibindo um grande futebol. O empate, porém, mantém o City na liderança, tendo em vista que a equipe de Pep Guardiola venceu o Brighton, por 2 a 0, também neste sábado.

Panorama do clássico
Na última quarta-feira, o Chelsea eliminou o Liverpool da Copa da Liga Inglesa, por 2 a 1, de virada. Hazard saiu do banco e, com um lindo gol, resolveu a partida. Na Premier League, o Liverpool tomou a liderança do Chelsea, na Premier League, na 5ª rodada e se manteve até então. Os dois clubes dividem histórias e competições. A partida desta 7ª rodada serviria como uma revanche do Liverpool ou a consolidação do Chelsea sobre o rival. Além de valer a liderança do campeonato.

Estilos bem definidos
Liverpool e Chelsea começaram a partida demonstrando porque são um dos protagonistas do Campeonato Inglês. Com time recheado de bons jogadores, o estilo de jogo de ambos os clubes são muito bem definidos. Méritos para os treinadores Jurgen Klopp (Liverpool) e Maurizio Sarri (Chelsea). Talvez, por isso, os primeiros minutos da partida foram tão bem equilibrados. Os times se respeitaram e focaram mais na imposição do estilo, como uma forma de dominar a partida.

David Luiz, Willian e Alisson
A primeira grande chance da partida foi do Chelsea. Foram três brasileiros envolvidos: David Luiz, Willian e Alisson. O zagueiro dos Blues acertou um belíssimo lançamento e pegou a defesa dos Reds de surpresa. Willian dominou com categoria, já na entrada da área, mas o goleiro Alisson saiu muito bem, com velocidade, fechando o ângulo.

Carrasco?
Poucos minutos depois, o Chelsea conseguiu abrir o placar. A jogada novamente começou com David Luiz. Hazard recebeu, deu um toque de letra e correu para receber o passe na frente. Jorginho enfiou a bola com precisão e Hazard saiu, livre, na entrada da área. Eficiente, o belga bateu cruzado e abriu o placar.

Hazard
Hazard comemora o gol da vitória para a decepção dos Reds (Foto: Reprodução)
Salah quase empata
A melhor chance do Liverpool no primeiro tempo foi com Salah. O egípcio recebeu em profundidade, ganhou de Marcos Alonso no corpo, driblou Kepa, mas desequilibrado, bateu com pouca força e Rüdiger, na cobertura, tirou em cima da linha.

No reflexo de Kepa
O Liverpool voltou determinado a empatar a partida e começo o segundo tempo pressionando. O Chelsea, por sua vez, não aceitava a pressão. Os Blues, com a vantagem do placar, priorizaram o contra-ataque e uma postura mais cautelosa. Mané teve a chance do gol de empate, mas parou nas mãos de Kepa, com uma linda defesa, no reflexo.

Alisson salva
Em um desses contra-ataque, Kanté foi esperto e bateu a cobrança de falta, com velocidade no meio campo. Hazard apareceu no meio da defesa dos Reds, que surpreendida não conseguiu acompanhar o belga. Alisson, porém, com mais uma grande saída, evitou o segundo gol.

Alisson
Alisson foi um dos destaques do Liverpool (Foto: Reprodução)
A bola não entrava
O Liverpool crescia na partida e se aproximava do empate. Shaqiri entrou no segundo tempo no lugar de Salah, O suíço teve uma chance claríssima de gol. A zaga do Chelsea furou, Shaqiri recebeu livre, mas chutou errado. Depois, Firmino recebeu o cruzamento, cabeceou com firmeza e David Luiz tirou em cima da linha. 

Sturridge decide
​Aos 41 minutos, Sturridge entrou no lugar de Millner. Três minutos depois, o atacante inglês recebeu na intermediária, ajeitou o corpo e soltou um chute, que parecia despretensioso, mas que entrou no ângulo direito de Kepa. Golaço de Sturridge e números finais na grande partida no Stamford Bridge.

*Sob a supervisão de Mário Boechat

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance