Além de CR7: relembre outras expulsões impactantes no futebol
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
LANCE
LANCE
X
Compartilhe



20/09/2018 | 18:45

Além de CR7: relembre outras expulsões impactantes no futebol

  •  Valencia x Juventus - Cristiano Ronaldo
    O craque chorou! Na última quarta-feira, Cristiano Ronaldo foi expulso após uma dividida com Jeison Murillo, zagueiro do Valencia. Apesar disso, a Juventus derrotou os espanhóis por 2 a 0 na primeira partida da fase de grupos da Liga dos Campeões. O L! vai relembrar outros cartões vermelhos na história do futebol JOSE JORDAN / AFP
  •  Zidane na final da Copa de 2006
    Talvez a expulsão mais famosa da história do futebol: na final da Copa do Mundo de 2006, Zinedine Zidane, principal jogador da França, levou um cartão vermelho após dar uma cabeçada em Marco Materrazzi, da Itália, e viu a Azzurra conquistar o mundo após a disputa de pênaltis. AFP
  •  Maicon (São Paulo) na semi da Libertadores 2016 x Atl. Nacional
    No começo de 2016, o zagueiro Maicon havia sido contratado por empréstimo pelo São Paulo e logo impressionou, tomando conta da defesa tricolor e recebendo o apelido de 'God Of Zaga'. O clube do Morumbi fez um esforço e adquiriu o defensor de forma definitiva, mas em sua primeira partida como um jogador do clube 'de fato', que foi contra o Atlético Nacional, na semifinal da Taça Libertadores, ele foi expulso.  AFP
  •  Fred (Fluminense) na final da Sul-Americana contra a LDU
    Depois de perder o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana de 2009 por 3 a 1, o Fluminense não desacreditou e, empurrado pela força da torcida, abriu 3 a 0 contra a LDU no Maracanã. Quando faltava apenas um gol para a partida ir à prorrogação, o atacante Fred se irritou com uma marcação do árbitro e perdeu a cabeça, sendo expulso. No fim, o placar não foi alterado e a festa foi equatoriana no Maracanã.  Ricardo Cassiano/Lance!press
  •  David Beckham (Inglaterra) x Argentina na Copa de 1998
    Nas oitavas da Copa do Mundo de 1998, David Beckham sofreu uma falta de Diego Simeone e tocou no argentino com seu pé quando estava no chão, sendo expulso. A partida terminou empatada em 2 a 2 e a Inglaterra perdeu na disputa de pênaltis - o que ressalta a falta que o camisa 7 fez, já que ele era o batedor oficial dos Three Lions.  AFP
  •  Leonardo (Brasil) na Copa de 1994 x EUA
    Jogando contra os Estados Unidos na Copa do Mundo de 1994, o brasileiro Leonardo foi expulso após dar uma cotovelada no meia Tab Ramos e foi expulso no mesmo momento. Apesar disso, o Brasil venceu os anfitriões daquele torneio e Branco, que ganhou a vaga de titular na lateral-esquerda, foi fundamental na conquista canarinha, marcando o gol da vitória nas quartas de final, contra a Holanda.  Reprodução
  •  Gerrard (Liverpool) em 37 segundos x Manchester United - entrada em Ander Herrera
    Um dos maiores ídolos da história do Liverpool, Steven Gerrard 'passeou' em uma partida dos Reds em 2015: apenas 37 segundos após entrar em campo, o camisa 8 deu uma dura entrada em Ander Herrera, do Manchester United, e foi expulso. AFP
  •  André Luis, do Botafogo, x Estudiantes em 2008 - arranca o cartão da mão do juiz
    Outra expulsão que não sai da cabeça dos torcedores foi na Copa Sul-Americana de 2008. Com um placar negativo de 2 a 0 no primeiro tempo no Engenhão, o Botafogo precisava marcar 5 gols para passar de fase, chegou a fazer dois, mas teve sua reação freada quando André Luis, autor de um dos tentos, se irritou com o árbitro, tirando o cartão amarelo da mão dele e 'dando' ao próprio juiz, como uma forma de protesto. O Estudiantes seria vice-campeão daquele torneio. Cleber Mendes/Lance!press
  •  Maximo Banguera, goleiro do Barcelona de Guayaquil, se fingindo de morto para não receber o segundo cartão
    Na Libertadores de 2015, Maximo Banguera, goleiro do Barcelona de Guayaquil, fez uma falta fora da área em Jonathan Copete, do Atletico Nacional, e se fingiu de morto ou desacordado para não receber o cartão vermelho. A ação, obviamente, não deu certo e o arqueiro foi expulso. Reprodução
  •  Cavani (Uruguai) sendo expulso depois de levar dedada do Jara, zagueiro do Chile
    Nas quartas de final da Copa América de 2015, o atacante Edinson Cavani deu um tapa em Gonzalo Jara após o chileno encostar com seu dedo nas nádegas do uruguaio. A expulsão ajudou o Chile, que venceu por 1 a 0 e seguiu na competição. AFP
  •  Luis Suarez (Uruguai) x Gana quartas Copa 2010 - coloca a mão na bola pra evitar que seja gol
    Em um dos jogos mais emocionantes da história das Copas do Mundo, entre Uruguai e Gana, em 2010, o atacante Luis Suárez colocou a mão na bola na área em uma jogada no último minuto, evitando um gol certo da seleção africana. Na sequência, porém, o atacante Asamoah Gyan desperdiçou a cobrança e os uruguaios se classificaram após os pênaltis. AFP
  •  Buffon (Juventus) x Real última Champions - marcação de penalti no finalzinho
    Depois de perder por 3 a 0 para o Real Madrid na Itália, a Juventus devolveu o placar no Santiago Bernabéu e a partida das quartas de final da Liga dos Campeões se encaminhava para o tempo extra. Nos últimos minutos, porém, um pênalti de Benatia em Cristiano Ronaldo foi marcado, revoltando Buffon, que acabou sendo expulso por reclamação. Sczesny, seu substituto, entrou, mas não conseguiu defender a cobrança do camisa 7 e os merengues se classificaram.  AFP
  •  Fabricio dando dedo do meio pra torcida do Internacional
    O lateral-esquerdo Fabrício era um dos 'alvos' das críticas pela torcida do Internacional em 2015. Em uma partida contra o Ypiranga, pelo Campeonato Gaúcho, o defensor, que estava sendo vaiado, desistiu de uma jogada e apontou o dedo do meio na direção da arquibancada. Expulso, ele nunca mais jogou pelo Colorado depois disso. Hoje, está no Vasco.  Reprodução
  •  Valdir Papel (Vasco) na final da Copa do Brasil de 2006 x Flamengo
    Valdir Papel foi expulso na final da Copa do Brasil de 2006, contra o Flamengo, que acabou levantando o troféu da competição. Após a partida, Renato Gaúcho, treinador do Vasco, criticou muito o atacante em uma entrevista.  Ricardo Cassiano/ Lancepress!
  •  Felipe Melo (Brasil) x Holanda na Copa do Mundo de 2010
    Nas quartas de final da Copa do Mundo de 2010, Felipe Melo foi expulso após dar um pisão em Arjen Robben e viu a Seleção Brasileira ser derrotada pela Holanda por 2 a 1, de virada.  AFP
SEUCLUBE
atletico-paranaense
atlético mineiro
avaí
bahia
botafogo
ceara
chapecoense
corinthians
cruzeiro
CSA
flamengo
fluminense
Fortaleza
Goiás
gremio
internacional
palmeiras
santos
sao paulo
vasco
Siga nas redes sociais
Facebook Lance Twitter Lance