Para Neto, Seleção de Tite e Neymar não o representa: 'CBF só visa dinheiro e não liga para patriotismo'

Para Neto, Seleção de Tite e Neymar não o representa: 'CBF só visa dinheiro e não liga para patriotismo'

Neto - Donos da Bola
Neto é apresentador do programa 'Donos da Bola', na Band (Reprodução/Band)
LANCE! - 11/07/2021 - 13:03
São Paulo (SP)
O ex-jogador e apresentador da Band Neto deixou seu pitaco sobre a derrota da Seleção Brasileira para a Argentina, pela Copa América, nesse sábado. Comandante do "Donos da Bola", Neto criticou a CBF e disse que o "patriotismo" dele não se vê representado por uma instituição "corrupta" e por estes jogadores convocados.

+ Brasileirão Série A pega fogo neste domingo com mais uma rodada; confira

E MAIS:
+ Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

- Estou de férias e meio avesso com as coisas que estão acontecendo no futebol. Mas acompanhei essa final da Copa América e uma situação ficou muito clara para mim: a Seleção do Tite e do Neymar é o time da CBF, uma entidade privada que comprovadamente se envolveu em muita corrupção. Não me representa como brasileiro - iniciou ele, que seguiu:

- CBF só visa dinheiro e nunca se importou com patriotismo. Esses caras nunca valeram nosso esforço. Eu esperava de coração que a nossa Seleção fosse administrada por gente honesta e que o técnico escalasse um time sem interesses terceiros. A partir daí, serei patriota - comentou ele, em seu blog "Craque Neto 10". 

Neto ainda parabenizou a seleção de Lionel Messi por ter vencido a competição. Para ele, foi merecido em campo o triunfo do rival, assim como o craque do Barcelona "também merecia uma conquista pela Seleção dele por tudo o que representa ao esporte. Isso é fato". Sobre os escândalos de corrupção na CBF, entenda mais aqui

Com gol de Di María, a Argentina bateu o Brasil em pleno Maracanã por 1 a 0 e levou mais uma taça da Copa América. Alguns torcedores ainda pediram a saída de Tite. Com isso, além de Messi ter vencido sua primeira competição com a camisa nacional, os "hermanos" empataram com o Uruguai no topo das conquistas da Copa: são 15 para cada lado. O Brasil vem logo abaixo, com 9 canecos.

Facebook Lance Twitter Lance