Daria certo? Casagrande revela que quase foi técnico de São Paulo e Corinthians: 'Não era para mim'
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Daria certo? Casagrande revela que quase foi técnico de São Paulo e Corinthians: 'Não era para mim'

Casagrande
Casagrande quase foi técnico dos rivais paulistas que se enfrentam hoje, às 22:15 (Reprodução/Instagram)
LANCE! - 02/05/2021 - 16:59
São Paulo (Sp)
O comentarista Casagrande revelou no último sábado, em seu blog no Globoesporte.com, que recebeu ligações de dois clubes paulistas para iniciar sua trajetória como técnico. São Paulo e Corinthians, ambos em má fase em 2003, entraram em contato com o ex-jogador para comandarem as tratativas. Entretanto, o ex-atacante desabafou e disse que apesar de não ter dado certo, a carreira como treinador não era o ideal para a sua vida.
+ Confira a classificação do Campeonato Paulista

E MAIS:
- Mas a realidade é que essa história toda me deixou muito empolgado. Fiquei ansioso, dormia mal esperando uma ligação de madrugada e percebi que aquilo não era para mim - escreveu Casagrande.

Em 2003, os rivais rivais paulistas atravessavam momentos turbulentos na temporada e especulava-se na imprensa que as duas equipes desejavam trocar de comandante. Diante do cenário, o nome de Casagrande foi ventilado e ganhou força na mídia esportiva. Entre os torcedores, tricolores e alvinegros expressaram a vontade de tê-lo como técnico em uma pesquisa realizada para entender a satisfação pública com o nome do ex-jogador.

- O São Paulo me procurou diretamente. O saudoso diretor Márcio Aranha me ligou e perguntou se eu aceitaria treinar o time. Naquele momento, Oswaldo de Oliveira ainda era o técnico e respondi que, enquanto ele estivesse no cargo, não aceitaria. Marquei um almoço com Oswaldo e abri o jogo sobre tudo o que estava acontecendo - disse.

Casão revelou que estava acertado com a diretoria tricolor e que a cúpula esperava um resultado negativo no clássico diante do Santos para demitir Oswaldo de Oliveira. Entretanto, o São Paulo bateu o Peixe e o técnico seguiu como comandante da equipe.

- Para minha sorte, a equipe venceu por 2 a 1 e tudo parou por ali - desabafou.

Já pelo Corinthians, o ídolo afirmou que os diretores do clube não tinham o real interesse em contrata-lo e, que naquela altura, após a decepção com o São Paulo, "já não estava mais empolgado com a possibilidade".

Assim, Casagrande seguiu uma trajetória diferente e é comentarista de esportes da Globo há 24 anos.

- A realidade é que essa história toda me deixou muito empolgado. Fiquei ansioso, dormia mal esperando uma ligação de madrugada e percebi que aquilo não era para mim. Depois disso, nunca mais fui especulado para ser técnico. Mas quem sabe um dia eu ainda tenha essa experiência - deixou em aberto o ex-jogador.

Facebook Lance Twitter Lance