Após volta aos treinos, Casagrande critica Fla e canta 'Que país é esse?'
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Após volta aos treinos, Casagrande critica Fla e canta 'Que país é esse?'

Casagrande
Casagrande reprova a atitude do Flamengo de voltar aos treinos (Foto: Reprodução/TV Globo)
LANCE! - 23/05/2020 - 19:13
Rio de Janeiro (RJ)
O retorno das atividades do Flamengo no Ninho do Urubu foi reprovado por Walter Casagrande, comentarista do Grupo Globo. Durante a sua participação no Troca de Passes, no SporTV, na última sexta-feira, o ex-jogador cantou a música "Que país é esse?", da Legião Urbana. Ele criticou a decisão do clube carioca e a falta de sensibilidade com as mortes provocadas pela COVID-19. 

- O dia de hoje foi sombrio. Antes de eu dar a opinião, eu quero cantar o pedaço de uma canção da Legião Urbana: 'Que país é esse? Que país é esse? (cantando). Já forma mais de 20 mil mortes e continua crescendo. Hoje, foram mais de mil óbitos. E ninguém leva esses números em consideração. Ninguém lamenta. O governo menos ainda. Ninguém do governo lamenta e mostra solidariedade às famílias. E no futebol ninguém fala nada sobre isso. Vão treinar. Presidentes dos clubes e federações discutem a volta do futebol com o governo. Cobra-se a volta do futebol porque o isolamento está muito pesado e o futebol vai ajudar. E nenhum desses personagens envolvidos nessa história lamenta pelas famílias ou se assusta com números - disse o comentarista. 

Casagrande considera que algumas pessoas estão em um  “universo paralelo” ao se mobilizar pela volta do futebol no Brasil neste momento. 

- Parece que tudo o que acontece na pandemia é a tela de um filme e que isso não é real. Nós não estamos em um universo paralelo. O que eu estou falando é real, é do nosso universo. Eles não estão levando em consideração. Eles gostam de tentar virar o jogo e se fazer de vítima. Mas não dá para fazer isso nesta situação. Esse universo de voltar a treinar e de voltar a jogar não é o nosso. Infelizmente, o nosso universo é esse, de 20 mil mortos. Mas, parece que ninguém se interessa - finalizou.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance