A vez de Ganso? Camisa 10 pode ganhar nova chance no Flu
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

A vez de Ganso? Camisa 10 pode ganhar nova chance no Flu

Ganso
Ganso pode surgir como solução para a criatividade do time (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)
LANCE! - 14/03/2020 - 08:00
Rio de Janeiro (RJ)
Diante da importância da partida decisiva pela Copa do Brasil, quinta-feira, contra o Figueirense, no Maracanã, o Fluminense avalia poupar alguns titulares no clássico com o Vasco, neste fim de semana. Um dos cotados para entrar no time é o o meia Paulo Henrique Ganso. O camisa 10 do Flu ainda não teve chance de iniciar uma partida em 2020.  Caso Nenê esteja entre os escolhidos pela comissão técnica para descansar, Ganso pode ganhar chance em um momento oportuno para o técnico Odair Hellmann. 

Ganso pode entrar no meio de campo e solucionar uma das dificuldades apresentadas pela equipe na derrota, para o Figueirense no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Na partida em Florianópolis, o Flu teve problemas na criação, acabou recuando demais e sofreu o gol no segundo tempo. Uma outra opção para o setor seria o jovem Miguel, que ainda se recupera de lesão na coxa esquerda e não deve ser relacionado. 

Conhecido pela qualidade no passe, Ganso pode melhorar a saída de bola do time no clássico contra o Vasco. O Tricolor precisa vencer para amenizar as críticas dos torcedores sobre o trabalho de Odair, além de ganhar confiança para a decisão da vaga na competição nacional, na quinta, jogo que já vem sendo considerado um dos mais importantes do ano. O time das Laranjeiras precisa vencer por dois ou mais gols para avançar.



Em 2020, Ganso atuou em sete jogos, nenhum deles iniciando como titular. Ao todo foram 144 minutos em campo. O pouco tempo em ação se explica, em parte, pelo reforço no condicionamento físico pela qual  o atleta passou no início da temporada. Outro motivo pode ser o receio de Odair de perder poder de marcação no meio-campo.

No entendimento da comissão técnica tricolor, Ganso é indispensável para a equipe no planejamento de longo prazo da temporada. Em boa forma física, o camisa 10 pode readquirir ritmo de jogo, se atuar contra o Cruz-Maltino, e se converter em uma arma para o Flu na busca da classificação na Copa do Brasil, na semana seguinte. O jogador de 29 anos vem participando sem restrições das atividades no CT Carlos Castilho. 


E MAIS:
Concorrência com Nenê

Titular absoluto em 2019, Ganso tem a concorrência de Nenê como maestro da equipe e referência para os mais jovens. Aos 38 anos, o camisa 77 é o artilheiro da equipe, com nove gols e faz um dos melhores inícios de temporada na carreira, tornando-se referência para o elenco. Uma boa atuação no clássico pode ser o início de uma nova etapa para o camisa 10 no Tricolor e ajudá-lo a ganhar espaço, enquanto Odair optar por utilizar apenas um dos dois.

- A princípio a gente continua com um meia de ligação. Mas logicamente que vamos utilizar os dois (Nenê e Ganso) sempre que for conveniente. Precisamos ter variações de jogadas e de esquemas para surpreender os adversários. Futebol não pode ter nada definitivo -disse o treinador, quando questionado sobre o assunto no final de fevereiro.

Facebook Lance Twitter Lance