Ex-técnicos de Orinho e Luccas Claro confiam em sucesso dos atletas no Flu
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Ex-técnicos de Orinho e Luccas Claro confiam em sucesso dos atletas no Flu

Montagem - Luccas Claro e Orinho
O zagueiro e o lateral-esquerdo já treinaram com o elenco (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)
Fernanda Teixeira e Joel Silva - 19/09/2019 - 07:00
Rio de Janeiro (RJ)
Nesta quinta-feira, o Fluminense vai apresentar oficialmente os seus dois novos reforços, o zagueiro Luccas Claro e o lateral-esquerdo Orinho. Ambos assinaram contrato com o Tricolor até dezembro de 2020, sem custos para o clube, já que estavam livres no mercado.

As posições eram carentes no elenco, principalmente por conta da grave lesão no joelho direito do zagueiro Matheus Ferraz, que o tirou do restante da temporada, e dos inúmeros problemas físicos do lateral-esquerdo Mascarenhas.

TABELA
Confira a classificação do Campeonato Brasileiro


O Fluminense sondou vários nomes, mas devido as dificuldades financeiras, não conseguiu contratar jogadores badalados. Com isso, Luccas Claro e Orinho, atletas desconhecidos para muitos, possuem a responsabilidade de resolverem essas carências.

Para amenizar as dúvidas dos torcedores tricolores quanto aos novos reforços, o LANCE! foi atrás de treinadores que já trabalharam com os jogadores e ouviu Eduardo Baptista, que comandou o lateral-esquerdo no ano passado, na Ponte Preta, e Ney Franco, técnico do Coritiba em 2015, que contava com o zagueiro no elenco.


Eduardo sobre Orinho:

O Fluminense corre atrás de um lateral-esquerdo desde o início do ano, tendo em vista que Caio Henrique, que é volante, vem sendo o dono da posição. Na sua avaliação, conhecendo bem o clube, o Orinho pode resolver os problemas da posição?
– Eu acredito que só vai depender dele essa questão dele tomar conta da posição. Ele é um jogador jovem, de muita personalidade. Não tem problema com erros. Quando erra, tenta de novo. Ele tem uma leitura boa da primeira linha, mas o forte dele é a parte ofensiva. Na Ponte Preta usei ele várias vezes na segunda linha. O Sampaoli já usou ele como ala, quando atuou com três zagueiros. Ele é explosivo, tem velocidade, pisa na área. Tem características que se assemelham bastante com as do Fluminense. Agora é chegar no Rio de Janeiro e emplacar. Acredito que ele pode ser uma solução. É preciso um pouco de paciência porque ele está sem jogar há algum tempo. Torço por ele poque é um bom garoto.

Para quem não o conhece, quais são as principais características e virtudes do jogador?

– É um atleta de muita velocidade, muito bom no um contra um. É melhor quando joga bem na lateral do campo para entrar pelo lado oposto e finalizar dentro da área. Não é um jogador de conduzir bola por dentro. Ele trabalha bem na ala e chega muito forte na frente. Tem um bom cruzamento. Às vezes, por ser muito rápido, fica um pouco ansioso e acaba errando. Talvez por isso não tenha sido tão aproveitado no Santos. Mas como disse antes, quando erra, não abaixa a cabeça.

O que ele precisa melhorar, uma vez que tem 24 anos e muita carreira pela frente?
– É um jogador jovem ainda. Há certas coisas que não conseguimos explicar. Na Ponte Preta teve uma passagem bem parecida com a que teve no Santos. Chegou e encantou, fez grandes jogos, foi decisivo jogando na lateral. Ele tem uma boa leitura de marcação, é agressivo, mas não conseguiu ter uma sequência. A maturação do jogador vem com o tempo. Ele tem 24 anos, vai amadurecer e tem tudo para despontar. Fico na expectativa e torço por ele. Acredito nele e desejo sorte.

Ney Franco sobre Luccas Claro:

Quais são as características marcantes do Luccas Claro e o que ele vai acrescentar ao Fluminense?
– Luccas Claro é um jogador que teve uma boa base no Coritiba. Ele tem características que lembram o Manoel do Corinthians. Ele é forte fisicamente, tem uma marcação por baixo muito boa e tem qualidade na saída de bola. Da forma como o Fluminense joga, acho que é um jogador que vai ajudar muito. Foi uma contratação acertada do clube.

Pelo fato de só ter jogado no Coritiba aqui no Brasil, acha que ele pode sentir o peso de atuar por uma equipe grande como o Fluminense, ainda mais com toda a pressão por fugir do rebaixamento?
– É mais um jogador experiente que chega no clube. Jogou fora do país, na Truquia, e acho que não vai sentir o peso de vestir uma camisa como a do Fluminense. A qualidade maior dele é a marcação por baixo, o que é muito útil hoje em dia com muitas equipes jogando com atacantes pelas beiradas. Ele faz muito bem as coberturas das costas do lateral e é muito rápido por baixo. Tembém tem uma boa consistência defensiva pelo alto. É um jogador forte e rápido.

Qual é o traço da personalidade dele que você mais destacaria?
– É um jogador muito tranquilo de se trabalhar. Ele tem um entendimento tático muito bom. É uma pessoa calada, na dele. Mas é um jogador de força, que não tem medo de jogo grande ou jogo pequeno. É um atleta de personalidade forte dentro de campo e teve uma boa preparação, fez uma boa base no Coritiba.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance