Sorriso, educação e adaptação: Ganso e os primeiros dias no Fluminense
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Sorriso, educação e adaptação: Ganso e os primeiros dias no Fluminense

Ganso - Fluminense
Paulo Henrique Ganso pelo Fluminense (Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC.) 
Marcello Neves - 09/02/2019 - 08:00
Rio de Janeiro (RJ) 
Desde a recepção no aeroporto Santos Dumont até a coletiva de apresentação no Maracanã, Paulo Henrique Ganso tem chamado atenção pelas suas características - além de dentro - fora de campo. Novo camisa 10 do Fluminense, o atleta é a grande atração para 2019 e, pelo menos nos primeiros contatos com o novo clube e com os novos companheiro, tem feito valer a sua simplicidade e simpatia. 

A contratação do meio-campista interferiu, principalmente, no lado comercial. A apresentação de Ganso foi no Maracanã e chamou interesse dos próprios patrocinadores. A Rappi foi uma que fez questão de estar presente na coletiva de apresentação - na ocasião, levou a camisa 10 com um "motoboy" imitando uma entrega tradicional da companhia. O pedido partiu da própria empresa.

Fora do lado comercial, Ganso também tem chamado atenção pela educação que está tendo com os funcionários do clube. As brincadeiras e os sorriso, inclusive presente nas coletivas com Pedro Abad, não foram apenas de momento. É o tratamento que está tendo com a maioria das pessoas do clube - seja do segurança até os diretores. 

O primeiro contato de Paulo Henrique Ganso com o elenco do Fluminense também foi bastante tranquilo. Mesmo sendo uma estrela renomada no futebol nacional, manteve o bom humor que tem apresentado nas coletivas e aparições com o restante dos atletas. Se poderia haver qualquer tipo de estrelismo pelo seu status, não foi o caso. 

Também há uma certa idolatria dos atletas mais jovens do elenco com a contratação do meia, principalmente com os que foram recém-promovidos da categoria de base. Apesar da fase de adaptação, Ganso está sendo tratado com o máximo de cuidado para se enturmar com o elenco o mais rápido possível.

Ganso já está no BID, mas ainda vai demorar um pouco para estrear. O clube das Laranjeiras não conseguiu inscrever o jogador para Taça Guanabara por conta do tempo estipulado pela Federação de Futebol do Rio de Janeiro (FERJ). Contudo, não foi somente o primeiro turno do Campeonato Carioca. O Fluminense não contará com Ganso pela primeira fase da Copa Sul-Americana.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance