Odair pede regularidade e assume responsabilidade de erros no Flu
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Odair pede regularidade e assume responsabilidade de erros no Flu

LANCE! - 10/09/2020 - 00:48
Rio de Janeiro (RJ)
Para Odair Hellmann, o que falta ao Fluminense é mais regularidade dentro das partidas. Foi assim que o treinador avaliou a equipe após a derrota por 2 a 1 para o Flamengo, nesta quarta-feira, no Maracanã, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. O comandante tricolor afirmou que a partida se equilibrou na segunda etapa, mas a oscilação do time acabou custando caro na terceira partida consecutiva sem vitória.

- Se pegar só os números frios, parece um jogo equilibrado. O que diferenciou foram as situações de definição do Flamengo mais em direção ao gol, que faz com que sejam mais perigosas. Porque tivemos mais finalizações, a posse foi igual. Claro que no segundo tempo nos expusemos para buscar o placar e acaba gerando espaços. Parece que fica perigoso e realmente fica. Mas tem que ter coragem no momento de adversidade - disse o treinador, que foi além na análise após a derrota.

- Não estou falando que o Flamengo talvez não tenha merecido vencer a partida, mas que nós, dentro do primeiro tempo, levamos gol cedo, equilibramos a partida, acabamos sofrendo o segundo. Eles com maior superioridade no primeiro tempo e nós com mais igualdade ou um pouco superiores na segunda etapa - analisou o treinador.

- Precisamos o mais rápido possível conseguir manter uma regularidade dos tempos distintos que estamos fazendo. Contra o São Paulo foi um ótimo primeiro tempo, depois levamos dois gols muito rápido. Acaba nem entrando de vez na partida e, quando entra, já está com um placar adverso. Acaba tendo que se expor e gera as facilidades para o adversário - disse Odair, antes de completar:

- Hoje tomamos o gol no início, o que trás uma dificuldade, pois você está buscando ajustes ainda de movimentos, compactação. Da mesma forma de quando temos uma sequência de vitórias eu não achar que as coisas estão todas certas, neste momento é saber observar, trabalhar o que podemos sem treinamento, porque não temos. E passar para os jogadores para que tenhamos mais concentração aos detalhes e não dê esse tipo de oportunidade. Correr atrás do placar é sempre mais difícil. Precisamos manter uma regularidade nos 90 minutos e fazer o placar - completou.


E MAIS:
Os dois gols do Flamengo surgiram de falhas de marcação e de duas espalmadas do goleiro Muriel na direção de Filipe Luís e Gabriel Barbosa. Apesar disso, Odair chamou para si a responsabilidade pelos erros individuais da equipe. Na próxima rodada, a equipe terá o Corinthians pela frente, no domingo, no Maracanã.

- As falhas são coletivas. Tudo o que precisar ser corrigido individualmente, independente do jogador, farei internamente, com trabalho, conversa e cobrança. Os erros foram coletivos e a responsabilidade maior é do treinador. Os jogadores tentaram dar o melhor. Erros acontecem. O futebol é um jogo de erros. Temos que corrigir o máximo desses erros para ter os detalhes ao nosso favor, mas não individualizo erros. Eu sou o comandante, se alguém errou fui eu e os jogadores tentaram dar o seu melhor para conseguir a vitória - afirmou.

Após perder um dos destaques da equipe na última terça-feira, com a venda de Evanilson ao Porto (POR), Odair Hellmann admitiu que o Fluminense está de olho no mercado por reposições. A equipe já havia tido a baixa do lateral-direito Gilberto, que foi para o Benfica (POR).

- Como falado pelo presidente, e as coisas sempre foram claras, todos sabem da dificuldade financeira que o Fluminense tem e da reconstrução que o clube precisa ter. Isso tudo atinge os aspectos do clube. O presidente está se empenhando ao máximo desde o primeiro dia. Dentro das condições que pode e não pode está fazendo esforço para dar as condições para nós e a estrutura para seguirmos fortes. Não falo publicamente de contratações. Conversamos disso todos os dias. O Fluminense tem que estar sempre aberto a boas oportunidades. O mercado não é fácil. Temos que ter criatividade para, se surgir a chance dentro das condições do clube, certamente o presidente fará. Não dá para ser com pressa, pois se for assim acaba não sendo a melhor escolha. Estamos abertos para fazermos um ano forte, ainda mais em uma temporada que o uso do grupo vai ser importante - finalizou.

Odair Hellmann - Fluminense
Odair em coletiva após o clássico (Foto: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE)
Facebook Lance Twitter Lance