Jogadores do Fluminense reencontram Cruzeiro pela Copa do Brasil com misto de emoções

Jogadores do Fluminense reencontram Cruzeiro pela Copa do Brasil com misto de emoções

Fábio acionou Ronaldo na Justiça por salários atrasados (Foto: Mailson Santana/Fluminense FC)
LANCE! - 23/06/2022 - 06:00
Rio de Janeiro (RJ)
O Fluminense encara mais um desafio pela Copa do Brasil nesta quinta-feira, desta vez contra o Cruzeiro, pelas oitavas de final. Além da decisão, o duelo marca o reencontro de atletas que já tiveram passagens pela Raposa. Entre polêmicas e momentos positivos, o fator extracampo promete ser uma das tônicas do confronto, que já ocorreu pela mesma competição em 2019. 

Dos jogadores do Flu que já passaram pelo Cruzeiro, Fábio tem a história mais emblemática no adversário. Um dos maiores ídolos da história do clube mineiro, o goleiro não teve o contrato renovado após a SAF ser instaurada. Assim, o veterano alegou descaso e acionou Ronaldo na Justiça. O ex-camisa 1 da Raposa pede que o atual gestor arque com uma dívida de cerca de R$ 20 milhões, referentes a salários, premiações e luvas. O arqueiro evita comentar o caso e a sua passagem pela instituição até hoje. 


+ Fluminense chega a 40 mil sócios: saiba os clubes do Brasil com mais sócios-torcedores


Fred, que atuou no Cruzeiro entre 2018 e 2020, também teve uma saída conturbada. O ídolo tricolor foi intimado a pagar uma multa de R$ 23 milhões por sua saída do Atlético-MG para a Raposa, mas firmou acordo com o clube contratante para arcar com a dívida. Há também outros vencimentos a serem quitados. Contudo, o pagamento não ocorreu e o camisa 9 recorreu ao judiciário. Assim como no caso de Fábio, o processo segue em andamento.  

Manoel, que tem duas passagens e conquistou um Brasileiro e uma Copa do Brasil pelo Celeste, foi mais um a acionar a Justiça. O zagueiro pede o recebimento de cinco parcelas de uma negociação por dívidas passadas, que totalizam R$4.360.465,66. No início do ano, o Cruzeiro chegou a cogitar o retorno do jogador, o que acabou não ocorrendo. 

Alexandre Jesus, que integra o sub-23 e o profissional, foi dispensado do Cruzeiro por ato "gravíssimo" de indisciplina. Em 2020, o jogador em um episódio em Chapecó, enquanto disputava o Brasileirão sub-20. Na época, Bruno Vicintin, que agenciava jogadores que também foram punidos, revelou que o ocorrido envolveu a presença de mulheres na concentração da equipe. 

Veja os jogos da Copa do Brasil

E MAIS:
Porém, nem só de polêmicas será feito o reencontro. Willian, que pertenceu ao Cruzeiro entre 2013 e 2017, foi bicampeão brasileiro com o clube. Além disso, o atacante se tornou "Bigode" na Raposa e ganhou uma música da torcida. Na última janela de transferências, o jogador também era um desejo dos mineiros, mas acabou indo para o Tricolor. 

Felipe Melo também chegou a vestir a camisa celeste no início de sua carreira, em 2003. Após uma boa temporada, em que participou de 32 jogos e marcou dois gols, o jogador foi para o Grêmio. Em janeiro deste ano, ele também chegou a ser procurado para retornar ao clube, mas escolheu o Tricolor. 

O Fluminense recebe o Cruzeiro no Maracanã, às 19h, nesta quinta. A partida será transmitida pelo Premiere, SporTV e Tempo Real do LANCE!

Facebook Lance Twitter Lance