Luccas Claro responde a Jesus: 'A qualquer momento essa fase pode acabar'
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Luccas Claro responde a Jesus: 'A qualquer momento essa fase pode acabar'

Luccas Claro - Fluminense
Luccas Claro já marcou três gols esse ano (Foto: Mailson Santana/Fluminense)
Joel Silva - 14/02/2020 - 14:08
Rio de Janeiro (RJ)
A derrota para o Flamengo, na semifinal da Taça Guanabara, já é passado para o Fluminense. No entanto, a declaração do técnico Jorge Jesus, de que o Carioca seria mais importante para o Tricolor, já que o Rubro-Negro está em "outro patamar", ainda repercute dentro do elenco. O zagueiro Luccas Claro pregou respeito ao treinador português, mas advertiu afirmando que nem tudo dura para sempre.

- Eu fiquei sabendo sim e não tenho muito o que falar. Cada um responde por si só. É declaração dele, respeito, ele pode estar no direito dele, não preocupo muito com o que falam de fora, fico voltado mais ao nosso interno. Que ele possa aproveitar, porque a qualquer momento essa fase pode acabar.

TABELA
Confira a classificação da Copa Sul-Americana



Colocando um ponto final no clássico, Luccas Claro mirou o próximo compromisso do Fluminense, que acontece na próxima terça-feira, contra o Unión La Calera, no Chile, pela Copa Sul-Americana. Na primeira partida, empate em 1 a 1 no Maracanã. Portanto, o Tricolor precisa vencer o jogo ou empatar marcando no mínimo dois gols. A tendência é que o adversário jogue bem fechado. Com isso, uma das armas pode ser o jogo aéreo, jogada que o zagueiro vem se destacando, com três gols marcados esse ano.

- Verdade, às vezes o jogo está difícil, vamos encontrar o Unión La Calera muito fechado, então a bola parada pode ser um ponto positivo. Eu até sou considerado um zagueiro de estatura baixa, por ter um 1,80 m. Como sempre fui zagueiro de origem, sabendo disso, sempre treinei muito a bola parada, a impulsão. Primeiro defensivamente e hoje podendo ajudar no ataque também. Não importa como vier o gol, nós vamos fortes. Não precisamos de muitos, gols, apenas uma vitória simples e temos tudo para conseguir a classificação - disse Luccas Claro.

Para o confronto, o Fluminense não terá os atacantes Wellington Silva e Fernando Pacheco, que não estão inscritos na competição. Entretanto, Odair Hellmann terá à disposição o zagueiro Nino, que se reapresentou ao elenco nesta sexta-feira, após disputar o Pré-Olímpico com a Seleção Brasileira.

BATE-BOLA COM LUCCAS CLARO

O que você destaca no Fluminense nesse início de temporada?

- O que não faltou foi disposição. O Fluminense mostrou uma capacidade física, principalmente no segundo tempo, onde as equipes estão caindo, enquanto nós estamos crescendo. Jogo difícil onde precisamos de uma bola, uma vitória simples, então nem tem nada assombroso. É uma boa equipe que vamos estar enfrentando, mas o Fluminense tem grande chance de se classificar.

A catimba do Unión La Calera pode ser um problema?

- Precisamos de um gol. Em oito partidas esse ano, apenas em uma não conseguimos marcar. É impossível fazer cera durante todos os 90 minutos, é muito tempo. Então não podemos usar isso como desculpa. Mesmo sendo um gramado sintético, com todas as dificuldades, precisamos colocar a bola no chão e fazer o jogo do Fluminense.

Voltando ao clássico, você chegou a escutar os gritos homofóbicos por parte dos torcedores do Flamengo?

- Sinceramente não consegui escutar dentrode campo. Estava tão focado no jogo que eu não consegui identificar qual tipo de grito estava sendo realizado naquele momento.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance