Flu tenta manter retrospecto 'quase perfeito' contra o Bahia no Maracanã
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Flu tenta manter retrospecto 'quase perfeito' contra o Bahia no Maracanã

Fluminense x Bahia
Fluminense e Bahia empataram no Maracanã no Brasileirão 2017 (Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC.) 
Marcello Neves - 05/08/2018 - 06:00
Rio de Janeiro (RJ)
Jogar em casa é sempre um fator positivo, mas é preciso saber como usar o campo e a torcida a seu favor. O Fluminense tem motivos de sobra para acreditar em um bom resultado contra o Bahia, neste domingo, às 19h, pelo Campeonato Brasileiro. Após vencer o Defensor (URU) na última quinta-feira, o Tricolor terá pela frente um adversário contra quem tem um dos melhores retrospectos quando o enfrenta no Maracanã. 

Foram 13 partidas disputadas entre Fluminense e Bahia no Estádio Jornalista Mário Filho, com nove vitórias dos cariocas, três empates e apenas uma derrota. No total, são 76.92% de aproveitamento, o segundo maior entre os outros 19 clubes que disputam a Série A - perdendo apenas para o Ceará, contra quem tem 77.78%. 

A superioridade do Fluminense quando atua no Maracanã contra o Bahia também pode ser mostrada pela sequência de bons resultados. A última derrota do Tricolor no estádio para o rival aconteceu há 31 anos, quando foi batido por 1 a 0, pelo Campeonato Brasileiro de 1987. Foi a única vitória baiana no estádio em 35 anos de confronto entre as duas equipes. 

Para manter o retrospecto "quase perfeito", o técnico Marcelo Oliveira terá reforços para a partida. O atacante equatoriano Bryan Cabezas foi regularizado no BIS da CBF e pode estrear pelo Tricolor. Por outro lado, o lateral-direito Gilberto, suspenso, e o atacante Junior Dutra, lesionado, serão desfalques.

Atuando como mandante neste Campeonato Brasileiro, o Tricolor soma quatro vitórias, um empate e duas derrotas. Desde que o novo treinador assumiu, ainda não foi derrotado dentro de casa. Com isso, a equipe deve estar escalada com: Júlio César; Léo, Gum, Digão, Ayrton Lucas; Airton (Richard), Jadson, Mateus Norton, Sornoza; Marcos Júnior e Pedro. 

Já o Bahia é um time que apresenta fragilidade fora de casa. Dos seis confrontos, perdeu cinco e empatou somente um jogo. Paralelamente a isso, os baianos não perdem a seis rodadas no Campeonato Brasileiro, com quatro empates e duas vitórias, porém ainda se preocupa com a zona de rebaixamento, e soma 17 pontos, na 15ª posição.

A principal novidade deve ser o lateral-esquerdo Paulinho, recém contratado junto ao São Bento. Como Léo Pelé não pode atuar porque pertence ao Fluminense, e Mena está negociando uma transferência para o Racing, da Argentina, o novo reforço já pode receber a primeira oportunidade entre os titulares.

O técnico Enderson Moreira também terá o retorno do goleiro Douglas, do lateral Nino Paraíba e do atacante Kayke voltaram a treinar após lesões. Sendo assim, a equipe deve estar formada com: Anderson (Douglas); Bruno (Nino Paraíba), Tiago, Lucas Fonseca e Paulinho; Gregore, Elton, Vinícius e Zé Rafael; Edigar Junio e Gilberto. 

Retrospecto do Fluminense contra equipes da Série A no Maracanã: 

01º - Ceará - 77.78% (3J, 2V, 1E)
02º - Bahia - 76.92% (13J, 9V, 3E, 1D)
03º - São Paulo - 66.67% (31J, 18V, 8E, 5D)
04º - Vitória - 61.90% (14J, 8V, 2E, 4D)
05º - Paraná - 58.33% (4J, 2V, 1E, 1D)
06º - Santos - 56.25% (32J, 16V, 6E, 10D)
07º - Cruzeiro - 53.85% (26J, 11V, 9E, 6D)
08º - Corinthians - 53.70% (36J, 15V, 13E, 8D)
09º - Sport - 51.28% (13J, 6V, 2E, 5D)
10º - Atlético-PR - 50.00% (14J, 6V, 3E, 5D)
11º - Palmeiras - 48.72% (39J, 17V, 6E, 16D)
12º - Grêmio - 48.15% (27J, 9V, 12E, 6D)
13º - Atlético-MG - 47.37% (19J, 7V, 6E, 6D)
14º - Internacional - 45.10% (17J, 6V, 5E, 6D)
15º - Botafogo- 43.18% (193J, 63V, 61E, 69D)
16º - Vasco - 42.06% (233J, 72V, 78E, 83D)
17º - Flamengo - 41.88% (234J, 75V, 69E, 90D)
18º - América-MG - 33.33% (1J, 1E)
19º - Chapecoense - 33.33% (3J, 1V, 2D)

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance