Evanilson exalta Fred, explica troca de camisa e projeta Fluminense na briga por 'coisa boa' no Brasileiro
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Evanilson exalta Fred, explica troca de camisa e projeta Fluminense na briga por 'coisa boa' no Brasileiro

Evanilson - Fluminense
Evanilson tem sido titular do Fluminense nas últimas partidas (Foto: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.)
Luiza Sá - 31/07/2020 - 12:47
Rio de Janeiro (RJ)
Titular absoluto e o segundo maior artilheiro do time antes da paralisação causada pela pandemia, Evanilson se viu em um novo momento após a retomada das partidas. Com a volta de Fred, o jovem criado pelo Fluminense ganhou um concorrente de peso na posição. Os dois já atuaram juntos na estreia do camisa 9, mas o mais novo vem sendo o titular e destaque enquanto o veterano é desfalque. Em entrevista coletiva por videoconferência no CT Carlos Castilho, Evanilson exaltou o retorno do ídolo ao clube, avaliou a possibilidade dos dois jogarem lado a lado novamente e disse o que aprendeu nos últimos dois meses.

- Venho conversando direto com o Fred e pedindo dicas. Ele é um grande ídolo, experiente. Está nos ajudando bastante dentro e fora de campo. Estamos vendo o que o treinador vai fazer, se vamos jogar juntos ou não. Não ligo de ficar no banco, quem tiver melhor tem que jogar. O principal é a equipe ganhar e fazer bons jogos. É gratificante estar em um grande clube e disputar posição com um ídolo do futebol. É uma honra. Podemos jogar juntos, não sei. Trabalhei muito na base para chegar a esse momento e disputar vaga com grandes jogadores. Fico feliz em disputar posição com ele, somos muito amigos no treinamento e no jogo. Ele me dá dicas. Isso é especial - disse o jogador.

Quando foi apresentado, Fred rasgou elogios a Evanilson, dizendo que o companheiro estava "voando" e era "acima da média". Além disso, disse que estava "aprendendo muito com ele até em posicionamento". Para vestir a camisa 9, o veterano pediu autorização do jovem, que era o dono do número antes de ele chegar. A cria de Xerém agradeceu as palavras do ídolo tricolor e explicou como foi o pedido pela troca.

- Acompanhei a coletiva dele e fiquei feliz pelo que ele falou de mim. No meu ponto de vista eu tenho mais a aprender com ele do que ele comigo. Fico feliz em ajudar ele também. A principal coisa que ele me passa é a energia positiva, me dá apoio, isso é o mais importante. Eu fiquei surpreso no dia da camisa. Ele conversou comigo e perguntou se não tinha problema. Falei "não po, fica tranquilo, é uma honra passar para você, um grande ídolo, a 9 é sua" (risos). Fiquei feliz que ele pediu para mim. O que fico impressionado do Fred é a finalização. Fico com o olho brilhando. É muito bom de cabeça e com os pés. Aos poucos estou aprendendo isso com ele - completou.

E MAIS:
Pronto para a disputa de seu primeiro Campeonato Brasileiro, Evanilson se disse ansioso e empolgado para a competição. Ele preferiu não projetar uma posição específica para o Flu na tabela, mas admitiu que o grupo sonha com "coisas grandes".

- Conversamos bastante. O presidente e o treinador falam com a gente, até entre nós no grupo nós projetamos. Temos time para brigar por coisa boa, Não sei qual pontuação, vai depender de nós. Acho que com certeza temos time para brigar pela parte de cima da tabela. A expectativa está lá em cima, estou ansioso. No trabalho e nos treinamentos estou feliz com a forma de jogar, espero fazer um bom Brasileiro. Joguei só o último jogo ano passado, fiz uma boa partida contra o Corinthians. Temos que entrar focados nesse início, isso vai determinar tudo que vem depois na competição. Estamos trabalhando forte para começar bem - afirmou.

Às vésperas do início do torneio, o Fluminense tem os salários em dia pela primeira vez em 2020. Para o centroavante, isso ajuda, mas ele reforçou a confiança do elenco no presidente Mário Bittencourt.

- Ajuda bastante, fora de campo ficamos felizes. Mas vínhamos trabalhando firme e forte nesses últimos jogos. Sabíamos que o presidente faria a parte dele. Ficamos felizes e gratos. Ajuda bastante, sim, é um passo importante. Vamos continuar e focar mais ainda para começar o Brasileiro bem - finalizou.

Facebook Lance Twitter Lance