Após completar 300 jogos pelo Flu, Fred volta a balançar as redes e começa a ter sequência na equipe
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Após completar 300 jogos pelo Flu, Fred volta a balançar as redes e começa a ter sequência na equipe

Fred
Ídolo da torcida, Fred já marcou 174 gols em 300 jogos com a camisa do Fluminense (LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.)
Felipe Melo - 10/10/2020 - 08:41
Rio de Janeiro (RJ)
O Fred vai te pegar! Apesar da ausência do público nos estádios, o torcedor do Fluminense pôde enfim voltar a entoar o famoso cântico referente ao ídolo. Desde que retornou ao Tricolor, o atacante tinha marcado contra o Vasco, mas ficou de fora dos gramados devido à lesão e Covid-19. Ao retornar, participou da jogada do gol contra o Botafogo e voltou a balançar as redes no duelo com o Goiás.

Além disso, o goleador alcançou uma marca histórica pelo clube carioca. Ele é o 31º jogador a atingir 300 jogos com a camisa tricolor. Neste século, apenas Gum (414), Marcão (397), Diego Cavalieri (352) e Magno Alves (328) superaram esses números. A relação de amor de Fred com o Flu se intensifica com os títulos e os 174 gols marcados, que o colocam como terceiro maior artilheiro da história do clube.

- Para mim é um motivo de orgulho e honra. Cada vez que eu coloco a camisa tricolor é como se fosse minha estreia contra o Macaé. Vai aumentando também a responsabilidade, mas eu me sinto cada vez melhor com essa camisa. Sou muito grato a Deus e a torcida, e a todo mundo que apoiou a eu poder reviver esse sonho de jogar no Fluminense novamente - revelou Fred ao site do clube.



Com isso, o atacante começa a ter sequência na equipe de Odair Hellmann e deve ser titular pelo terceiro jogo consecutivo, contra o Bahia, domingo, às 16h, no Maracanã. Com o segundo melhor ataque do Brasileirão, o time marcou 9 gols nos últimos 3 jogos e entrou na briga por uma vaga na Copa Libertadores 2021.

Por outro lado, foram jogos contra equipes da parte de baixo da tabela, e as oscilações defensivas seguem a aparecer. O time sofreu gols contra Botafogo e Goiás e por muito pouco Muriel não teve sua rede estufada por Robson, do Coritiba, que perdeu um gol de frente para a meta do arqueiro tricolor.

Diante disso, Odair busca o equilíbrio para crescer na tabela e disputar uma vaga na competição continental. Apesar da chegada de Lucca, que só poderá estrear na quarta contra o Atlético-MG, Fred mostrou que ainda pode ser útil e que não perdeu o faro de gol. Aos 37 anos, o goleador ainda pode ajudar o Flu na campanha ao lado de Nenê e de jovens como Dodi e Michel Araújo.

E MAIS:
Confira a lista do "clube dos 300" com a camisa do Fluminense

1º Castilho (1947 - 1965) - 697 jogos
2º Pinheiro (1949 - 1963) - 603 jogos
3º Telê (1950 - 1961) - 559 jogos
4º Altair (1956 - 1970) - 551 jogos
5º Escurinho (1954 - 1964) - 489 jogos
6º Rubens Galaxe (1971 - 1982) - 465 jogos
7º Denílson (1964 - 1973) - 433 jogos
8º Gum (2009 - 2018) - 414 jogos
9º Assis - zagueiro (1968 - 1975) - 412 jogos
10º Waldo (1954 - 1961) - 403 jogos
11º Marcão (1999 - 2006) - 397 jogos
12º Bigode (1943 - 1955) - 394 jogos
13º Clóvis (1955 - 1962) - 391 jogos
14º Pintinho (1973 - 1985) - 381 jogos
15º Lula (1965 - 1974) - 375 jogos
16º Paulo Victor (1981 - 1988) - 360 jogos
17º Edinho (1973 - 1989) - 359 jogos
18º Diego Cavalieri (2011 - 2017) - 352 jogos
19º Oliveira (1966 - 1973) - 346 jogos
20º Cafuringa (1967 - 1977) - 337 jogos
21º Jair Santana (1952 - 1960) - 333 jogos
22º Marco Antônio (1969 - 1976) - 330 jogos
23º Magno Alves (1998 - 2016) - 328 jogos
24º Félix (1968 - 1978) - 319 jogos
25º Silveira (1966 - 1975) - 317 jogos
26º Jandir (1982 - 1994) - 317 jogos
27º Kléber (1973 - 1980) - 312 jogos
28º Orlando (1945 - 1953) - 310 jogos
29º Batatais (1935 - 1946) - 309 jogos
30º Washington (1983 - 1989) - 301 jogos
31º Fred (2009 - 2020) - 300 jogos

Facebook Lance Twitter Lance