Após chegada de Lucão, Flu segue no mercado em busca de zagueiro
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Após chegada de Lucão, Flu segue no mercado em busca de zagueiro

Celso Barros
Celso Barros Foto: Armando Paiva/Divulgação
LANCE! - 13/08/2019 - 19:23
Rio de Janeiro (RJ)
O vice-presidente de futebol do Fluminense, Celso Barros, revelou, na manhã desta terça-feira, que o clube segue no mercado em busca de um zagueiro. O dirigente falou após a apresentação do atacante Lucão e evitou nomes, mas garantiu que o clube está próximo de um acerto, depois de não conseguir a liberação do Bruno Fuchs, do Internacional.

– Falei com Rodrigo Caetano. No Inter, eles têm três duplas de zaga. A gente tinha quatro, o Matheus Ferraz machucou. Então, a gente precisa de zagueiro. Continuamos tentando e acho que em breve vamos conseguir. O Presidente veio aqui e falou que tinham dois reforços perto. Um era o Lucão e o outro, um zagueiro. Infelizmente, não deu certo. Por isso, eu não gosto de falar em especulação e em nome. Só está certo quando se assina contrato. O que adianta ficar falando? Só se aumenta a especulação. A torcida tem de entender que estamos fazendo um esforço enorme para trazer um zagueiro – disse.

Antes de tentar a contratação de Fuchs junto ao Inter, o Flu já havia sondado, sem sucesso os zagueiros Ramon, do Vitória e Lucão, ex-São Paulo e atualmente sem clube.



Barros também explicou a opção pelo atacante, que vai usar a camisa 12 e assinou contrato com o Tricolor até dezembro de 2020. O vice-artilheiro da Série B em 2018 chega como solução para a lesão de Pedro e a iminente saída de João Pedro para o futebol inglês. O jogador de 27 anos vai estrear na divisão de elite do futebol nacional.

– Ele foi vice-artilheiro da Série B em 2018 com o Goiás, com 16 gols. O Pedro machucou, vai ficar um período fora. João Pedro tem a projeção de sair ao final de 2019. Então, temos de pensar nisso. Foi uma oportunidade, ele gosta de fazer gol. Isso é fundamental.


Fabiano descartado

Outro nome que esteve na mira da diretoria tricolor, mas já foi descartado foi o do lateral Fabiano, do Palmeiras. As negociações emperraram graças ao interesse dos representantes do jogador de esperar por uma oferta do exterior.

– Fabiano é o seguinte: eu liguei para o Alexandre Mattos, executivo do Palmeiras, com quem me dou muito bem. Ele disse que liberaria, a gente pagaria uma parte do salário. Os empresários do jogador demoraram uma semana e depois disseram que queriam esperar a janela para ver se aparecia algo de fora. Então, desta forma, mesmo ele não conseguindo nada par ir para fora, não tem interesse mais nosso – explicou Barros.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance