Agora ou nunca? Má fase do rival propicia o fim do tabu para o Flu
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Agora ou nunca? Má fase do rival propicia o fim do tabu para o Flu

Wellington Silva - Fluminense
Wellington Silva marcou para o Flu na última vitória sobre o Vasco (Foto: Mailson Santana/Fluminense)
Joel Silva - 15/03/2020 - 07:15
Rio de Janeiro (RJ)
O momento atual do Vasco faz o Fluminense ter o favoritismo no clássico deste domingo, no Maracanã. Afinal de contas, o Cruz-Maltino vive um péssimo momento e ainda não conseguiu vencer na Taça Rio. O cenário portanto é ideal para uma vitória tricolor, porém o retrospecto faz o torcedor não demonstrar tanto otimismo assim. A bola rola às 18h com transmissão em tempo real do LANCE!.

O Fluminense possui um longo jejum sem vencer o Vasco, que já dura 10 jogos, com três empates e sete derrotas. A última vitória aconteceu no dia 22 de abril de 2017, pela semifinal do Campeonato Carioca. Na ocasião, Abel Braga era o técnico do Tricolor, que atropelou o rival por 3 a 0. Agora o treinador está do outro lado, precisando muito da vitória para amenizar a pressão que vem sofrendo pelo fraco desempenho do Cruz-Maltino.

Nenê fez o caminho inverso do treinador e vai defender as cores do Fluminense, podendo quebrar um jejum particular. Desde que chegou ao Tricolor, o meia já venceu clássicos contra Botafogo e Flamengo, inclusive marcando gols. No entanto, jamais derrotou o ex-clube, somando uma derrota, justamente na sua estreia, e um empate, passando em branco em ambas as partidas.



Wellington Silva também participou daquele jogo e inclusive marcou o segundo gol, uma verdadeira pintura finalizando de letra. O atacante protagonizou ainda um dos lances mais marcantes da partida, quando driblou os jogadores do Vasco e até mesmo o árbitro, causando na sequência a expulsão do volante Douglas Luiz, atualmente no Aston Villa, da Inglaterra.


O desejo do Fluminense e de sua torcida é deixar o passado para trás e reescrever uma nova história, bem mais feliz para os tricolores. O caminho para a quebra do jejum jamais esteve tão pavimentado. Falta agora o time das Laranjeiras fazer valer o favoritismo.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance