Paralisação na Justiça adia denúncia do MP sobre responsáveis no caso do incêndio do Ninho do Urubu
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Paralisação na Justiça adia denúncia do MP sobre responsáveis no caso do incêndio do Ninho do Urubu

Incêndio Ninho do Urubu
A Justiça ainda não indiciou os responsáveis pelo incêndio no Ninho do Urubu (Foto: Adriano Fontes/ AMPress)
LANCE! - 20/03/2020 - 16:08
Rio de Janeiro (RJ)
Diante da pandemia do coronavírus e suas consequências, a apresentação das denúncias do Ministério Público do Rio de Janeiro quanto ao incêndio no CT do Flamengo, que vitimou 10 atletas da base, foi adiada e não há prazo para que o órgão indicie os responsáveis - fato o qual era aguardado até esta sexta-feira, dia 20 de março.

Conforme o promotor de justiça Luiz Antonio Correa Ayres, do GAEDEST (Grupo de Atuação Especializada do Desporte e Defesa do Torcedor) do MPRJ, disse ao Blog do Mauro Cezar, a paralisação da Justiça explica a mudança no processo. 

- O Estado parou. Prazos processuais e administrativos estão suspensos. O Judicário e o MP, por resoluções, só estão autorizados a se manifestarem em casos de urgência. Sinceramente, não tenho como dizer quando haverá a apresentação da denúncia enquanto perdurar a situação atual - afirmou o promotor de justiça.



O incêndio no CT do Flamengo, o Ninho do Urubu,  aconteceu no dia 8 de fevereiro de 2019, atingindo o alojamento das categorias de base e vitimando dez Garotos do Ninho que dormiam no local.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance