Maurício Barbieri rechaça cansaço e vê atuação do Fla abaixo do normal
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Maurício Barbieri rechaça cansaço e vê atuação do Fla abaixo do normal

Grêmio x Flamengo
Maurício Barbieri lamentou a fraca atuação do Flamengo na derrota para o Grêmio (Raul Pereira / Photopress)
Guilherme Abrahão - 04/08/2018 - 21:45
Porto Alegre (RS)
Com apenas alguns titulares poupados, o Flamengo foi presa fácil e foi derrotado neste sábado para os reservas do Grêmio, por 2 a 0, em Porto Alegre. E mesmo com uma atuação abaixo do que costuma mostrar, o técnico rubro-negro Maurício Barbieri rechaçou qualquer possibilidade de cansaço da equipe no confronto na Arena. Isto porque, na quarta-feira, contra o mesmo time gaúcho no mesmo loca, o Fla teve atuação de gala com uma intensidade muito acima do normal, dominando o rival em plena casa dele.

- Nada a ver com cansaço. Todos completamente recuperados. Jogo foi para terreno de fazer jogo viril, de choque, de dar chutão, entrada dura. Não faço juízo de valor da estratégia. Faltou equilíbrio, inteligência. Pelo que começou o jogo, caminhava para o 0 a 0 - analisou o treinador.

A derrota do pode custar a liderança do Flamengo neste domingo. Isto porque, se o São Paulo vencer o Vasco, o Tricolor assume a ponta isolada. Mesmo assim, com uma atuação abaixo do esperado, Barbieri acredita que o Rubro-Negro segue forte em todas as frentes.

- Fizemos jogo ruim, não tem como esconder isso. Por que que foi ruim? Acho que o Grêmio tentou trazer jogo onde se sentiu mais confortável. Jogo mais viril, de força, diferente de quarta. Hoje foi feio dos dois lados. Dois gols erros nossos. Erramos mais e eles tiveram mais chances. Jogo muito ruim, mas seguimos firme nas competições - destacou.

Novamente questionado sobre a questão física, Barbieri explicou que ficou de fora do confronto apenas jogadores que corriam risco de lesões. Senão, todos estariam em campo, mesmo com um Grêmio todo alternativo.

- Em relação aos números, de ordem física, eu não senti queda e não senti que a gente tivesse cansado. Eu acho que a estratégia que o Grêmio utilizou prevaleceu. Bom que conhecemos mais uma arma deles - comentou.

Depois de dois difíceis jogos contra o Grêmio, em duas competições diferentes, o Flamengo tem agora o Cruzeiro pela frente, também em dois jogos consecutivos, por Libertadores e Brasileiro, porém dos dois no Rio de Janeiro, desta vez.

- Vai ser mais um duelo complicado. Assim como o Grêmio, o Cruzeiro tem um elenco e um treinador que trabalham juntos há muito tempo. É uma equipe experiente e madura. A gente vez estudando eles já. Com o apoio do torcedores vamos ser fortes para buscar o resultado - completou.

VEJA MAIS PONTOS DA ENTREVISTA

VITINHO
​A gente avaliou que ele entrou bem no último jogo e entendemos que seria interessante dar volume ao Vitinho. Não foi um jogador que a gente sabe que ele pode ser. Ele chegou faz pouco tempo e vai levar um tempo para se adaptar. Temos confiança nele.

PONTOS POSITIVOS
De positivo, acho que vi o Lincoln entrando muito bem. Conseguiu ficar com a bola, tentar, chutar para o gol.

JEAN LUCAS TITULAR
Jean é um jogador que se caracteriza pela transição, é um jogador rápido, intenso. Hoje o coletivo não funcionou. É difícil esperar que o individual se sobressaia

POUPADOS
Os que ficaram fora entendemos do risco de se lesionar. Não existe melhor estratégia padrão (de poupar ou não), cada um tem que olhar para sua circunstância individual. O que definiu o jogo foi o tipo de jogo, não as alterações.

SOBRE A ZAGA
Estão sem jogar, mas treinam normalmente. É difícil quantificar quanto fez diferença esta questão de inatividade, pois coletivamente a gente não foi bem.

Facebook Lance Twitter Lance