Elenco mais forte? Compare as opções de Dome e os reservas mais usados por Jorge Jesus no Flamengo
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Elenco mais forte? Compare as opções de Dome e os reservas mais usados por Jorge Jesus no Flamengo

Treino Flamengo - Domènec Torrent
Domènec Torrent, ao centro, tem utilizado vários atletas do elenco rubro-negro (Foto: Alexandre Vidal / CRF)
LANCE! - 11/09/2020 - 06:30
Rio de Janeiro (RJ)
A qualidade do elenco e a variedade de opções para escalar o Flamengo tem sido usada por Domènec Torrent - e também pelos líderes do grupo - como uma das justificativas da alternância entre os titulares implementada pelo treinador espanhol. A comparação com o antecessor Jorge Jesus, cujos os 11 titulares estiveram na ponta da língua dos rubro-negros durante o último ano, é inevitável. O LANCE!, para traçar esse paralelo, levantou os reservas mais utilizados pelo Mister e as opções que estão ganhando minutos com Torrent.

E MAIS:
São nove rodadas do Brasileirão sob o comando de Dome, que faz mudanças pontuais na equipe a cada jogo. É verdade que ausências forçadas fizeram o técnico a buscar soluções neste início. Inclusive no gol, uma vez que César e Diego Alves foram diagnosticados com Covid-19. O rodízio, portanto, é uma forma de manter o elenco competitivo, em condições de encarar a maratona que será a temporada em condições atípicas, estendida até fevereiro de 2021.

Sobre a possibilidade de ter os seus 11 ideais - tal qual Jorge Jesus -, Torrent prefere avaliar jogo a jogo os atletas que estiverem em melhor momento.

- Eu tenho um time ideal. Os jogadores que atuam melhor a cada treinamento. Quando falo que para mim não são importantes os nomes, não estou brincando. Mas claro que todos quando falam em elenco, têm um time ideal. Todos sabem o time do ano passado, mas esse ano temos novos jogadores.

Veja o número de atuações e a minutagem dos 20 atletas que mais atuaram sob o comando de Domènec Torrent neste início de trabalho do espanhol:

Rodrigo Caio - 9 partidas (785 minutos)
Everton Ribeiro - 9 partidas (662 minutos)
Willian Arão - 9 partidas (675 minutos)
Filipe Luís - 8 partidas (720 minutos)
Arrascaeta - 8 partidas (590 minutos)
Gabriel Barbosa - 8 minutos (643 minutos)
Gerson - 7 partidas (574 minutos)
Pedro - 7 partidas (238 minutos)
Léo Pereira - 6 partidas (540 minutos)
Bruno Henrique - 6 partidas (496 minutos)
Diego - 6 partidas (199 minutos)
Vitinho - 6 partidas (136 minutos)
Diego Alves - 5 partidas (417 minutos)
Michael - 5 partidas (209 minutos)
Gustavo Henrique - 4 partidas (315 minutos)
Thiago Maia - 4 partidas (261 minutos)
Isla - 4 partidas (262 minutos)
Gabriel Batista - 3 partidas (270 minutos)
Pedro Rocha - 3 partidas (144 minutos)
Renê - 3 partidas (190 minutos)


OS MAIS UTILIZADOS PELO MISTER

Jorge Jesus comandou o Flamengo entre julho de 2019 e julho de 2020 fez história. Para este levantamento, o LANCE! consultou o site Transfermarkt, o qual não contabiliza partidas da Copa do Brasil e das fases iniciais do Carioca. Portanto, entre Campeonato Brasileiro, Libertadores e Mundial, em 2019, e decisões da Taça Rio e do Estadual, Libertadores, Supercopa do Brasil e Recopa Sul-Americana, em 2020, o Mister somou 48 jogos, nos quais usou 37 atletas.

Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Arão, Gerson, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabigol: o time titular é formado pelos 11 jogadores com mais minutos em campo neste período.

Confira o número de jogos e minutos em campo dos jogadores do Flamengo que foram acionados 10 ou mais vezes por Jorge Jesus nestas 48 partidas:

Diego Alves
- 46 partidas (4.170 minutos)
Gerson - 45 partidas (3.415 minutos)
Willian Arão - 44 partidas (3.678 minutos)
Everton Ribeiro - 42 partidas (3.281 minutos)
Bruno Henrique - 40 partidas (3.337 minutos)
Gabriel Barbosa - 39 partidas (3.490 minutos)
Rodrigo Caio - 37 partidas (3.163 minutos)
Arrascaeta - 37 partidas (2.817 minutos)
Rafinha - 37 partidas (3.124 minutos)
Vitinho - 33 partidas (1.279 minutos)
Filipe Luís - 32 partidas (2.705 minutos)
Pablo Marí - 30 partidas (2.730 minutos)
Piris da Motta - 27 partidas (943 minutos)
Renê - 23 partidas (1.405 minutos)
Diego - 22 partidas (870 minutos)
Reinier - 15 partidas (757 minutos)
Berrío - 15 partidas (276 minutos)
Rodinei - 14 partidas (929 minutos)
Thuler - 11 partidas (730 minutos)

Facebook Lance Twitter Lance