Após primeiro gol pelo Flamengo, Reinier revela: 'Não sabia o que fazer'
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Após primeiro gol pelo Flamengo, Reinier revela: 'Não sabia o que fazer'

Avaí x Flamengo - Renier
Aos 17 anos, Reinier atuou pela primeira vez como titular diante do Avaí (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
LANCE! - 08/09/2019 - 11:45
Brasília (DF)
O 7 de setembro de 2019 será, para sempre, especial para Reinier. Em sua estreia como titular do Flamengo, o Garoto do Ninho, aos 17 anos, foi o principal nome da vitória por 3 a 0 sobre o Avaí. Fez gol, deu assistência e caneta e jogou bem sob o comando de Jorge Jesus, tudo isso com sua família presente no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, cidade natal do meia.

Após o jogo, o jovem não escondia a felicidade pela atuação e pelo resultado, que manteve o Flamengo na liderança do Brasileirão. Sobre o primeiro gol como profissional, Reinier revelou que sequer sabia o que fazer após marcá-lo.

- Sensação única. Não sabia o que fazer. Estava tão feliz que não sabia o que fazer. Fui para os meus companheiros, estão comigo no dia a dia, me apoiam bastante. Jogo por eles e por minha família - afirmou Reinier, antes de seguir:



- Fico feliz por ser em Brasília, ser onde nasci. É um orgulho. Minha família inteira aqui, meus tios, minha vó. Isso tudo é graças a eles. Jogo por eles.

Grande joia da base do Flamengo após Lucas Paquetá e Vinicius Jr, vendidos ao Milan, da Itália, e Real Madrid, da Espanha, respectivamente, Reinier tem contrato com o clube até dezembro de 2020 e multa rescisória de 70 milhões de euros. O clube, junto com o estafe do atleta, já "costuram" uma renovação.

A ideia da direção é prorrogar o vínculo do garoto até 2024, aumentando a multa e "protegendo-se" dos clubes europeus - os quais já têm Reinier em "seus radares". Na janela de transferências deste meio de ano, encerrada em julho, o Everton, da Inglaterra, sondou a situação de Reinier, mas nenhuma proposta chegou à mesa do Flamengo.

O garoto é um dos principais nomes da Seleção Brasileira Sub-17 que disputará o Copa do Mundo da categoria entre outubro e novembro, no Brasil. Ele desfalcará o Flamengo neste período, mas o torneio é visto como uma grande vitrine, na qual Reinier pode valorizar-se ainda mais no cenário internacional.

E MAIS:
A apresentação de Reinier rendeu elogios. Além do gol - o terceiro do Flamengo - e da assistência para Gabriel Barbosa abrir o placar no Mané Garrincha, o meia fez uma partida consistente enquanto esteve em campo. Não sentiu o peso de estrear como titular no time profissional em Brasília, sua cidade natal.

Jorge Jesus, que pediu pela permanência do jogador para esta partida -  Reinier, convocado para amistosos da Seleção Brasileira Sub-17, atuou sob liminar do STJD, uma vez que a CBF não liberou o jogador -. o comparou ao ex-meia Kaká.

- Terá um futuro brilhante. Tem coisas parecidas com outro jogador brasileiro que foi muito cedo para o exterior. Tem estilo e o perfil físico de Kaká - afirmou.

Com um elenco estrelado em mãos, Jorge Jesus não tem um "Garoto do Ninho" entre os titulares, mas tem, dentro do possível, trabalhado com os jovens. O zagueiro Thuler, formado no clube, foi quem mais atuou com o comandante.

Dos 30 jogadores que formam o grupo profissional - como consta no site oficial do Flamengo - 11 foram revelados nas categorias de base do Ninho do Urubu.

Confira respostas do meia Reinier, do Flamengo, após a partida contra o Avaí:

Jorge Jesus o comparou com Kaká. O que achou dessa declaração do Mister?
Kaká foi um ídolo para mim. Sempre acompanhei ele, mas mais por vídeos que meu pai me mostrava. Fico feliz por essa comparação vindo de um treinador experiente como ele (Jorge Jesus). Agora é trabalhar firme e focado nas próximas partidas.

Vê semelhanças no seu estilo com o ex-meia de Real Madrid e Milan?
Vejo algumas semelhanças, sim, eu me inspiro nele. Pela altura, pelas arrancadas... Fico muito feliz com essas comparações.

A CBF não o liberou da Seleção Brasileira Sub-17 e o clube precisou recorrer ao STJD para contar contigo nesta partida. Como encarou essa situação?
A Seleção é muito legal, mas o foco também é aqui no Flamengo. O que eles decidirem, eu estou fazendo.


Facebook Lance Twitter Lance