'Ninguém está acreditado, mas vamos continuar a acreditar', diz Abel após o empate com o Flu
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

'Ninguém está acreditado, mas vamos continuar a acreditar', diz Abel após o empate com o Flu

Cruzeiro x Fluminense - Abel Braga
Abel Braga diz que veio sabendo o que iria encontrar no Cruzeiro e confia na reação da equipe- (Bruno Haddad/Cruzeiro)
Valinor Conteúdo - 10/10/2019 - 00:35
Belo Horizonte
Abel Braga preferiu usar um discurso mais emotivo do que tático para avaliar o desempenho do time no empate com Fluminense, por 0 a 0, no Mineirão, nesta quarta-feira, 9 de outubro.

- Hoje vou ser bem rápido. Gosto de responder com aquilo que é real. E neste momento, quando a emoção passa por cima da realidade, não é legal- iniciou o discurso na sala de imprensa do Mineirão.

Tabela 
> Veja classificação e simulador do Brasileiro clicando aqui


O técnico cruzeirense disse em sua coletiva que tem consciência da missão que aceitou assumir, ao vir para a Raposa, contrariando uma regra sua de nunca assumir um clube no meio da temporada.

- Eu sei do tamanho(da missão), mas não sei te precisar exatamente o quanto está sendo para os jogadores. Sei que está sendo difícil. Mas não vamos nos entregar. Não pense você que vim pra cá preocupado com a situação do Cruzeiro. Eu vim sabendo. Estou passando por uma experiência única. Eu não pego nada no meio, peguei porque confio nos atletas. Confio no que me foi passado. Confio na torcida. Fiz pedido de comparecimento e me surpreendeu. Ninguém acredita, ninguém está acreditando. Mas nós não vamos deixar de acreditar-disse Abel.




E MAIS:
O treinador da Raposa continuou o discurso de autoajuda pós-jogo,agradecendo à torcida, mas deu uma chamada no time quando falou que a equipe correu muito, uma obrigação na sua visão, mas, correu errado, porque não houve cumprimento do que fora treinado na Toca da Raposa.

- Chamamos o torcedor. Foi sensacional o que fizeram. A verdade é essa. Sou contra a vaia. No fim do primeiro tempo vaiou. Até o último minuto do segundo tempo, incentivou. Depois, veio a vaia, que é normal. Torcedor é soberano. Nós corremos muito, obrigação nossa. mas corremos mais do que devíamos, e corremos errado. Fizemos coisas que não treinamos-disse.

Abel terá nova missão de juntar as forças da equipe para os trabalhos da semana, que visa o duelo contra a lanterna Chapecoense, domingo, 13, às 19h, na Arena Condá.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance