'Nem o time deles entendeu a minha expulsão do jogo', diz Dedé
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

'Nem o time deles entendeu a minha expulsão do jogo', diz Dedé

Boca x Cruzeiro
O mito celeste ainda não acredita no que aconteceu nesta quarta-feira, na Argentina- Divulgação / Twitter
Valinor Conteúdo - 20/09/2018 - 01:21
Belo Horizonte
Perplexidade. Esse é o sentimento do zagueiro Dedé ao comentar o lance insólito que gerou a sua expulsão de campo na derrota por 2 a 0 para o Boca Juniors, em La Bombonera.

- O lance foi forte. De jogo. Quem me conhece, sabe que não sou maldoso. Foi um lance de muita gente na área. Não tinha maldade alguma. Nem os jogadores do Boca entenderam minha expulsão, disse Dedé.


O defensor da Raposa ainda lembrou que ficou preocupado com o goleiro pelo choque, tanto que foi um dos primeiros a chamar pelo atendimento médico ao adversário.  Mais um elemento, na sua visão, de que não houve qualquer motivo para ser excluído da partida. O zagueiro criticou o árbitro paraguaio Eber Aquino.

- Eu tentei socorrer o goleiro quando vi que nos encontramos no ar. Mas até então me preocupei com o lance de contra-ataque que poderia acontecer para eles. Eu não senti que tinha acertado ele. Com tanta tecnologia e recursos, e tantos lances, o juiz deixou o nosso time com menos um. Não tiro os méritos do Boca, mas estávamos crescendo no jogo e ele facilitou a vitória do Boca -  concluiu Dedé.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance