Mesmo fora do Cruzeiro, Adilson Batista fala sobre bastidores do clube
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Mesmo fora do Cruzeiro, Adilson Batista fala sobre bastidores do clube

Adilson Batista voltou a defender o trabalho, dizendo que ainda nem completou dois meses de trabalho
Adilson deixou o cargo no Cruzeiro no domingo, 15, após derrota para o Coimbra-(Bruno Haddad/Cruzeiro)
Valinor Conteúdo  - 16/03/2020 - 21:01
Belo Horizonte
Mesmo com a demissão consumada e um desabafo depois do jogo contra o Coimbra (derrota do Cruzeiro por 1 a 0), o ex-técnico da Raposa, Adilson Batista, voltou a comentar os bastidores do clube azul.

O treinador disse que as decisões da Raposa serão tomadas de outras formas pelo conselho gestor, um ponto criticado em sua saída. Adilson Batista revelou a mudança em conversa com Carlos Ferreira, interlocutor do conselho gestor.

— Na área do futebol, os oito integrantes do Conselho Gestor estavam dando palpites. Hoje, conversando com o Carlos, ele me disse que ficou designado que quatro vão ficar no futebol e um tem a palavra final, que é o Carlos — disse Adilson em entrevista à ESPN Brasil.

Adilson também comentou que o departamento de futebol ficava isolado, sem autonomia do seu ex-diretor, Ocimar Bolicenho, que também foi demitido do clube.

— O departamento de futebol ficou isolado. Eles contrataram o Ocimar Bolicenho, mas que não tinha autonomia. Foram decididas muitas pendências, muitos processos, atletas entrando na Justiça e deixamos de lado contratações. O processo foi atrasando — contou Adilson.


E MAIS:
O ex-técnico cruzeirense estava bem à vontade em falar dos bastidores da Raposa. Tanto que até opinou sobre quem poderá ser seu substituto. Os nomes de Guto Ferreira e Enderson Moreira são os mais cotados.

— Vim no ano passado com intuito de participar desse processo de reconstrução, sabia da dificuldade. Na remontagem, sabíamos que teríamos de ter paciência. E tranquilidade para suportar um início de dificuldade. Ali na frente, teríamos um time competitivo, a partir de maio, para conseguir o principal objetivo da temporada, que é o acesso. E que vai conseguir. Desejo sorte ao novo treinador, se será o Guto Ferreira, se será o Enderson Moreira. Eu desejo sucesso e estarei na torcida para que esse clube suba- disse.

Quanto ao diretor de futebol, Paulo Pelaipe, ex-Flamengo, que tem trabalhado com um patrocinador do São Caetano, é o preferido para assumir a vaga de executivo da Raposa.




E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance