Marcelo Chamusca, técnico do Cuiabá, também recusa o Cruzeiro. Raposa volta a pensar em Felipão
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Marcelo Chamusca, técnico do Cuiabá, também recusa o Cruzeiro. Raposa volta a pensar em Felipão

Felipão
Luiz Felipe Scolari já  havia dito "não" para o Cruzeiro, mas a Raposa vai tentar outra vez contratar o veterano treinador-(Cesar Greco)
Valinor Conteúdo - 15/10/2020 - 13:56
Belo Horizonte
A saga do Cruzeiro por um treinador continua. A equipe mineira levou mais um “não”. Desta vez de Marcelo Chamusca, técnico do Cuiabá, líder do Campeonato Brasileiro da Série B.

O presidente Sérgio Santos Rodrigues fez uma oferta a Marcelo, com um salário maior do que recebe hoje no time mato grossense, mas mais uma vez não conseguiu êxito em ter um comandante para a Raposa, que demitiu Ney Franco no último domingo, após empate com o Oeste.


E MAIS:
O time celeste já teve convites negados por Felipão, Lisca, Umberto Louzer e agora de Chamusca. Com esse cenário de incerteza, a cúpula cruzeirense já está se movimentando para fazer outra tentativa de trazer Scolari, que atualmente está sem clube.

Sua assessoria de imprensa disse que ele se encontra no Rio Grande do Sul. Segundo o Blog do PVC, a diretoria cruzeirense teria uma reunião agendada com o pentacampeão do mundo.

O Cruzeiro corre contra o tempo, pois já terá um jogo sem técnico titular, nesta sexta-feira, 16 de outubro, contra o Juventude, no Mineirão, pela 16ª rodada da Série B.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance