Governador de Minas diz que futebol no estado só deve voltar em junho
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Governador de Minas diz que futebol no estado só deve voltar em junho

A fechada do Mineirão foi usada para projetar mensagens de apoio à pessoas que precisam se arriscar nesta crise contra a Covid-19
O Estadual está paralisado desde o dia 16 de março e ainda não há definição se irá haver cancelamento da competição-(Divulgação/Mineirão)
Valinor Conteúdo - 16/04/2020 - 18:08
Belo Horizonte
O futebol mineiro dificilmente voltará às atividades antes do mês de junho. A pausa forçada por conta da pandemia do coronavírus completou um mês e o cenário não parece animador.

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema(NOVO), disse, em entrevista no Expominas, local onde foi construído um hospital de campanha, que a volta dos esportes e de qualquer evento público, ainda é incerto, pois não há segurança total para liberar as atividades. A tendência, se o futebol voltar em junho, é que os jogos sejam sem torcida.

- Como está indo até agora, é muito provável que até junho nenhuma atividade com aglomeração volte. É provável que as aulas não voltem, que casas de show não funcionem e estádios de futebol não tenham público-disse Zema.

A Federação Mineira de Futebol(FMF) continua sem se manifestar publicamente sobre sua posição quanto ao calendário e um plano de ação para ajudar equipes do interior.


E MAIS:
FMF não quer cancelar campeonato

O Campeonato Mineiro da Primeira Divisão parou na nona rodada da fase de classificação, sendo que ainda faltam duas rodadas para definição dos quatro classificados às semifinal e os dois rebaixados para a segunda divisão. Após a primeira fase, serão mais quatro datas, para as semifinais, ida e volta, e duas da final, totalizando seis datas a serem cumpridas no calendário. Na segunda divisão, a fase de classificação parou na sexta rodada.


Outras datas do calendário em Minas, comandado pela FMF, tem a realização do Troféu Inconfidência, que é um mini torneio entre os clubes que não se classificaram para o mata-mata e ficaram entre do 5º ao 8º, e a Recopa Mineira, que será jogada entre o vencedor do Troféu Inconfidência e o melhor time do interior.

E, mesmo com todas essas datas a serem preenchidas, o presidente da FMF, Adriano Aro, pretende ir até o fim dos campeonatos de 2020.

- Muitos estão falando em cancelamento do Campeonato Mineiro, mas não é um cenário real. O cenário real que a FMF trabalha é de término dos nossos campeonatos e terminar integralmente a nossa tabela, firmando compromissos firmados com parceiros, emissoras e patrocinadores, seguindo as regras escolhidas pelos clubes em conselho arbitral- concluiu o dirigente.



E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance