Felipão fala motivo de aceitar assumir o Cruzeiro e cita Bielsa e Deschamps para projetar volta à elite
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Felipão fala motivo de aceitar assumir o Cruzeiro e cita Bielsa e Deschamps para projetar volta à elite

Felipão volta ao Cruzeiro 19 anos depois de deixar o clube para assumir a Seleção Brasileira
Felipão volta ao Cruzeiro 19 anos depois de deixar o clube para assumir a Seleção Brasileira-(Acervo/Cruzeiro)
Valinor Conteúdo - 16/10/2020 - 19:37
Belo Horizonte
Retornando ao Cruzeiro depois de quase 20 anos, o técnico Luiz Felipe Scolari mostrou satisfação de retornar ao clube mineiro. O acerto com o treinador foi confirmado pela diretoria da Raposa na noite de quarta-feira, 15 de outubro, com contrato até 2022.

Esta é a segunda passagem de Scolari no Time Cinco Estrelas. Scolari comandou o Cruzeiro nos anos de 2000 e 2001, sendo campeão da Copa Sul Minas em sua última temporada na agremiação celeste.

Felipão, como é conhecido por todos, sabe da importância que seu trabalho terá no Cruzeiro. Ele enalteceu o carinho que tem com a instituição .onde deixou as “portas abertas”.


-Sempre volto aos clubes que trabalhei porque nos tratamos com muito respeito, com muita admiração. Nunca tive problemas de relacionamento com pessoas que ficaram ou que saíram das equipes. E com o Cruzeiro não foi diferente. Volto pelo respeito que tenho com a história do clube, pela amizade e carinho-disse aos canais oficiais do clube.


E MAIS:
Felipão comentou sobre o trabalho intenso que terá de ser feito para recuperar o time dentro de campo, ajudando, por consequência o clube fora dos gramados.

-O Cruzeiro é muito grande e tem um plano de recuperação, de construção de um novo Cruzeiro, muito interessante. Vamos trabalhar para que esse plano seja seguido com os nossos conceitos. Acredito que o Cruzeiro vive apenas um momento de Série B, mas que não ficará por muito tempo. O Cruzeiro é grande e continuará grande. Apenas atravessa um momento diferente e vamos trabalhar para mudar- completou.

Sobre a proposta de treinar a equipe do Cruzeiro, Luiz Felipe Scolari agradeceu o empenho e o desejo da diretoria e comissão técnica estrelada em contar com sua experiência e pretende retribuir com resultados dentro de campo.

-Tenho que valorizar bastante a boa vontade do presidente Sérgio Santos Rodrigues, do Deivid (diretor de futebol) e do Brunoro (José Carlos, consultor do departamento de futebol), que saíram de Belo Horizonte e vieram a Porto Alegre para me mostrar o projeto do Cruzeiro, o que o clube pretende para agora e para os próximos anos. Por isso eu tenho prazer em voltar a trabalhar no Cruzeiro-comentou.

Outra palavra otimista sobre reerguer a Raposa, Luiz Felipe Scolari citou o argentino Marcelo Bielsa, que levou dois anos no comando do Leeds United, da Inglaterra, para retornar à elite do futebol inglês e Didier Deschamps, que levou a Juventus à elite italiana. 

-Não podemos esquecer os exemplos de recuperações recentes. O Marcelo Bielsa, que sempre trabalhou em Série A, assumiu o Leeds(United da Inglaterra) na segunda divisão e hoje faz um grande trabalho na primeira. O Deschamps pegou a Juventus(da Itália) e levou de volta à primeira. Então, são momentos ruins que grandes clubes passam por um problema, mas como são grandes, voltam à sua grandeza com um trabalho organizado, com um projeto, como me foi apresentado, que me fez voltar com prazer ao Cruzeiro-concluiu.

Luiz Felipe Scolari estreia no comando do Cruzeiro no jogo contra o Operário, marcado para a próxima terça-feira, 20 de outubro, às 21h30, no estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa-PR.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance