Só dois clubes brasileiros enviam técnicos em encontro na Conmebol
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Só dois clubes brasileiros enviam técnicos em encontro na Conmebol

Apenas os treinadores de Athletico Paranaense e Cruzeiro estiveram presentes ao evento que teve como meta trocar ideias sobre o futebol  sul-americano
Apenas os treinadores de Athletico Paranaense e Cruzeiro estiveram presentes ao evento que teve como meta trocar ideias sobre o futebol sul-americano-Divulgação/Conmebol
Valinor Conteúdo - 19/03/2019 - 18:19
Belo Horizonte
Marcado para esta terça-feira, dia 19 de março, em Luque, no Paraguai, sede da Conmebol, o encontro de treinadores das equipes de clubes que jogam a Libertadores 2019 teve baixa presença por parte dos clubes brasileiros. Apenas os técnicos do Cruzeiro, Mano Menezes, e do Athletico Paranaense, Tiago Nunes, estiveram no evento. Grêmio e Internacional enviaram os auxiliares técnicos, no lugar de Renato Gaúcho e Odair Hellmman.

Outros nomes de peso no futebol nacional como Abel Braga, do Flamengo, Felipão, do Palmeiras e Levir Culpi, do Atlético-MG, também não estiveram no encontro que visava discutir o futebol na América do Sul, a Libertadores deste ano e o seu regulamento com mais detalhes, sobre o VAR que gerou discussões em 2018, controle de dopping, valores comerciais, premiações e até citar acontecimentos do torneio em edições passadas.

Os treinadores puderam trocar ideias e se manifestar sobre o futebol sul-americano e o seu desenvolvimento. Apenas clubes brasileiros deixaram de marcar presença no evento da Conmebol, o que pode demonstrar a pouca credibilidade da entidade com os comandantes nacionais ou ainda uma falta de interesse sobre detalhes da maior competição do continente.


E MAIS:
-Hoje é um dia muito importante para nós, para mim em particular e para toda nossa equipe. Hoje queremos escutá-los para crescermos juntos”, afirmou o mandatário. “É tremendamente importante poder nutrirmos das pessoas que são protagonistas do melhor futebol do mundo: vocês- disse o presidente da Conmebol Alejandro Domínguez.

O encontro foi de um dia e os treinadores já estão retornando aos seus clubes, caso de Mano e Nunes que comandam Cruzeiro e Furacão nesta quarta-feira pelos seus respectivos campeonatos estaduais.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance