Cruzeiro descobre mais gastos em casas noturnas e aciona Wagner Pires de Sá na Justiça
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Cruzeiro descobre mais gastos em casas noturnas e aciona Wagner Pires de Sá na Justiça

Foi o primeiro balanço da administração de Wágner Pires de  Sá, à esquerda, que iniciou o seu mandato em janeiro do ano passado
Wagner Pires de Sá e seus diretores usaram cartões corporativos do  Cruzeiro em gastos pessoais-(Vinnicius Silva/Cruzeiro)
Valinor Conteúdo - 25/06/2020 - 18:54
Belo Horizonte
O presidente do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues, revelou durante uma live nos canais oficiais do clube que o clube acionou a Justiça contra o ex-presidente Wagner Pires de Sá para ressarcimento da Raposa. Foram descobertos novos gastos pessoais de Wagner e seus diretores em casas de entretenimento adulto, desta vez em Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul.

-O Cruzeiro já ajuizou uma ação de ressarcimento contra um ex-presidente do Cruzeiro que gastou valores indevidamente no cartão corporativo para fins que, certamente, não tem nada a ver com o futebol. Esperamos que essa ação gere logo os frutos. Essa é só a primeira das ações-disse o presidente.

A farra de cartões corporativos no Cruzeiro já havia sido denunciada em abril, quando foram descobertos uso indevido dos recursos do clube nos mesmos tipos de estabelecimentos em Portugal


E MAIS:
-Descobrimos até um pouco mais. Não foi só casa de entretenimento adulto em Portugal não. Descobrimos também em Porto Alegre, que foi usado indevidamente o cartão corporativo do Cruzeiro, coincidentemente um dia antes do jogo contra o Internacional. Tudo está anexado ao processo que corre em segredo de Justiça-contou Sérgio.

Os cartões de crédito corporativos do Cruzeiro também foram utilizados em viagens pessoais de Wagner Pires de Sá à Bahia, lojas de departamento, clínica de estética e até delivery de chopp.

Todas as falcatruas de ex-dirigentes do Cruzeiro estão sendo investigadas pelo Ministério Público, Polícia Federal e Polícia Civil. Os supostos crimes praticados pela antiga gestão celeste são: falsificação de documentos, falsidade ideológica, apropriação indébita, organização criminosa e lavagem de dinheiro.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance