Ceni rechaça ideia de usar Robinho pelo lado do campo como fazia Mano
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Ceni rechaça ideia de usar Robinho pelo lado do campo como fazia Mano

Robinho tem tido um 2019 bom, conseguindo ser um dos articuladores de jogadas da Raposa ao lado de Rodriguinho
Rogério Ceni prefere Robinho mais centralizado do que aberto pelos lados do campo-(Vinnicius Silva/Cruzeiro)
Valinor Conteúdo - 23/08/2019 - 18:16
Belo Horizonte
O meia Robinho não vai mais jogar na parte lateral do campo, como acontecia com Mano Menezes. A determinação é do novo técnico do Cruzeiro, Rogério Ceni. O comandante  pretende utilizar o jogador como meia centralizado ou segundo volante, dando qualidade à saída de bola  da equipe mineira.

- São estilos de jogo diferentes, o Mano foi extremamente vencedor, com sua história gravada no Cruzeiro. Eu estou começando agora. Ele já tem título, você passa pelos corredores do clube e vê fotos, quadros. Eu não consigo, no estilo de jogo que eu trabalho, não consigo ver o Robinho jogando pelo lado do campo. Prefiro ele como meia ou como segundo volante por dentro. Essa é a característica que vejo no Robinho e em alguns outros jogadores - disse Rogério Ceni, em entrevista à Bandeirantes.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui


Ceni reforçou que pretende fazer do meio de campo da Raposa um construtor de jogadas para municiar os atletas velocistas da equipe, como David e Pedro Rocha.


E MAIS:
- A gente está tentando construir um meio-campo de construção de jogo e as laterais sempre com um pouco mais de velocidade. Temos três jogadores que podem jogar pelos lados hoje, Pedro Rocha, Marquinhos Gabriel e David, e são esses jogadores que a gente tenta utilizar pelas laterais de campo. Com o Robinho a concorrência é grande, são muitos jogadores pelo meio do campo, é um jogador um pouco mais velho, mais experiente, com qualidade no passe, mas nós vamos tentar adaptá-lo por dentro para dar mais minutos, vamos tentar colocar mais ele para explorar a principal característica que ele tem-explicou o treinador.

Na estreia pela Raposa, contra o Santos, pelo Brasileiro, Rogério já deu uma ideia de como irá montar o meio de campo. Ele colocou Thiago Neves armando as jogadas, com David e Marquinhos Gabriel pelos lados, tendo ainda uma saída mais rápida de bola com Henrique e Dodô como volantes.

Quando entrou no duelo diante do Peixe, Robinho era o organizador do time, como segundo volante,mas com liberdade para sair jogando mais à frente e acionando o ataque. Funcionou, pois os erros de passes diminuíram e os chutes a gol aumentaram. Foram 20 finalizações contra 3 do Santos na partida.



E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance