Capitão Henrique elogia trabalho de Ceni, mas diz que não houve encaixe no trabalho quando ele estava em BH
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Capitão Henrique elogia trabalho de Ceni, mas diz que não houve encaixe no trabalho quando ele estava em BH

Henrique estava suspenso pelo terceiro amarelo e focou apenas na necessidade da Raposa voltar a vencer
Henrique não quis alimentar  qualquer sentimento de rivalidade em relação a Ceni-(Vinnicius Silva/Cruzeiro)
Valinor Conteúdo - 22/10/2019 - 16:15
Belo Horizonte
A pauta da imprensa esportiva sobre o Cruzeiro deverá focar no reencontro do técnico Rogério Ceni com a Raposa, que estará de volta ao Mineirão para enfrentar o time mineiro no sábado, 26 e outubro, às 21h, no Mineirão, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Até os jogadores da Raposa sabem que serão questionados sobre o embate com ex-chefe.O volante e capitão da Raposa, Henrique, comentou em sua coletiva o tempo que Rogério esteve no clube e fez elogios ao treinador, ressaltou que houve um ímpeto em demasia para mostrar serviço, o que pode ter deixado o ambiente ruim junto ao grupo de jogadores.

-Já tive vários outros treinadores que chegaram querendo mostrar trabalho e as coisas não encaixaram. O Rogério Ceni vai se tornar um excelente treinador, o futuro dele vai ser brilhante porque é o que nós enxergamos no futebol. Acho que não deu certo pela maneira que foi se construindo. O trabalho era excelente, mas dentro de campo os resultados não vinham. Pela fase que o Cruzeiro estava, o futebol acaba caindo nos resultados. E com ele não foi diferente. E, depois, o ambiente começou a não ficar bom pela maneira com que foi conduzido, mas isso é questão de experiência para seguir a vida- disse o volante do Cruzeiro.

E MAIS:
Os 47 dias e oito jogos de Ceni na Toca da Raposa II não criaram um sentimento de rancor em Henrique. E reforçou que essas idas e vindas são coisas do futebol.

-A gente não trabalha com esse sentimento (rancor). Faz parte do futebol, aconteceu, não foi da melhor maneira, já passou. A gente vive um novo ciclo com Abel, estamos muito felizes e contentes com o trabalho. Isso faz parte da vida, do futebol. Muitas vezes dá certo, outras vezes não acontece da maneira como tem que ser. O Rogério está feliz lá e a gente está feliz aqui- explicou o volante.

O Cruzeiro tentará terminar a 28ª rodada longe da zona do rebaixamento. O clube celeste está na 17ª posição do Campeonato Brasileiro, com 28 pontos, enquanto o Fortaleza é o 14º, com 31 pontos. .




E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance