Cruzeiro e Atlético-MG perto de acerto por clássico com duas torcidas
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Cruzeiro e Atlético-MG perto de acerto por clássico com duas torcidas

Cruzeiro x Atlético-MG
Nenhum jogo entre as duas equipes em 2018 teve as duas torcidas dividindo meio a meio o estádio- Vinnicius Silva/Cruzeiro E.C.
Valinor Conteúdo - 29/11/2018 - 16:48
Belo Horizonte
Uma disputa fora do campo, e que prejudica os torcedores mineiros, está perto de acabar. Cruzeiro e Atlético-MG continuam os entendimentos para que o clássico entre as duas equipes seja com torcida dividida.

De acordo com o vice-presidente de futebol Itair Machado, em entrevista à Rádio Super, confirmou que procurou o presidente do Galo, Sérgio Sette Câmara, e a Raposa concordou em atender as exigências feitas pela diretoria atleticana para a realização do jogo com 50% do estádio para cada clube.

- Fui eu quem procurou o presidente do Atlético-MG. Perguntei ao Wagner Pires, nosso presidente, ele falou, ‘Itair, você tem carta branca para ir lá’. O presidente atleticano, na mesma hora, se prontificou. Nós fizemos uma reunião ali no Posto Chefão. Lá eu esclareci para ele que, da parte do Cruzeiro, a gente queria fazer de tudo para ter o clássico dividido. Por ele ali na hora, acertamos para dar andamento. Depois disso o Marcone Barbosa, gerente de futebol do clube, fez uma reunião com o Atlético-MG e me ligou de lá da reunião, dizendo, ‘tá tendo um problema aqui. O Atlético quer ficar no banco de reservas quando o mando de campo for dele’. Falei, ‘mas isso é justo’. Se o mando de campo é do Atlético, é justo. É só a gente cruzar ali. O Cruzeiro usa o vestiário que é todo plotado de Cruzeiro – acho que o Atlético não ia querer usar. Ele usa o vestiário normal, do outro lado e você cruza ali, cada um vai para o seu vestiário. Por causa do bandeirinha ali, que eu acho que hoje não interfere em nada, porque não tem mais ladrão. Antigamente tinha muitos aí, era bom você ficar ali pra pressionar. Mas hoje não tem mais, graças a Deus. Aí falaram sobre camarote. Falei 'pode mandar escolher, disse Itair.

Itair reforçou que se depender do Cruzeiro, o clássico voltará a ter duas torcidas no Gigante da Pampulha.

- Da parte do Cruzeiro, está feito o negócio. Da parte do Cruzeiro não tem um empecilho. Só coloquei um, que ele concordou comigo, igual eu concordei com o banco. Como a gente não sabe se Cruzeiro e Atlético-MG vão se encontrar de novo no Mineiro, porque futebol é perigoso. Tanto Cruzeiro, quanto Atlético, vão jogar com um time alternativo, por esse regulamento maluco aí do campeonato. Você joga mal ali, é eliminado nas quartas ou na semi e não encontram na final.

A renda seria: mando de campo do Cruzeiro, renda do Cruzeiro. Mando de campo do Atlético, renda do Atlético. No Brasileiro, como a gente sabe que estão programados dois jogos, renda dividida. Então, da parte do Cruzeiro está feito o negócio. É só trazer o papel que o Cruzeiro assina, completou Itair.

Se as duas diretorias se acertarem, o primeiro encontro no Mineirão com duas torcidas poderá ser 27 de janeiro de 2019, domingo, às 17h, pela terceira rodada do Campeonato Mineiro.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance