'Arrascaeta está sendo refém de um bandido', diz Itair Machado
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

'Arrascaeta está sendo refém de um bandido', diz Itair Machado

Arrascaeta
Arrascaeta assina novo contrato ao lado do presidente do Cruzeiro Wagner Pires de Sá em 2018 e agora esta em litígio com o clube celeste -(Foto:Bruno Haddad / Cruzeiro)
Valinor Conteudo - 04/01/2019 - 20:58
Belo Horizonte
A sexta-feira, 4 de janeiro, foi um dia de uma intensa troca de acusações entre a diretoria do Cruzeiro, representada pelo vice de futebol, Itair Machado, o meia Arrascaeta e o seu procurador, Daniel Fonseca.

A proposta para tirar o jogador da Toca da Raposa e levar para o Flamengo gerou diversos atritos e falas desencontradas, incluindo até relatos de ameaças recebidas pelo jogador por um suposto vazamento do número de telefone do jogador e de seu agente, Daniel Fonseca.

O Cruzeiro veio a público e emitiu uma nota negando qualquer coação sobre o atleta e reforçou que Daniel Fonseca está forçando a saída do meia.
Em entrevista ao programa “Expediente Fox”, do canal a cabo Fox Sports, Itair Machado voltou a atacar Daniel Fonseca e disse que Arrascaeta está sendo refém do seu empresário nessa situação, que o está coagindo a aceitar a proposta rubro-negra por uma dívida contraída por Daniel no Uruguai.


E MAIS:
- Se vocês clicarem nas matérias que publicamos na nota oficial do Cruzeiro, mostra que ele quebrou, só tem o Arrascaeta e está fazendo de tudo para vender o jogador, pois tem uma dívida de mais de 4,5 milhões de euros. O Defensor, que tem 50 % do jogador é um clube laranja do Daniel. Temos até a informação de que o Daniel está sendo despejado do seu apartamento, por isso seu desespero para vender o jogador- disse Itair ao Fox Sports.

Sobre a rispidez durante a reunião, Itair revelou que Daniel Fonseca o agrediu verbalmente e que quando ia falar de um aumento para o jogador, o procurador do meia o pegou pelo braço e o tirou da sede cruzeirense, impedindo-0 de se apresentar para os treinamentos.

- Quando estávamos reunidos, ele reclamou que perderia muito dinheiro na negociação e eu respondi que ele ganharia mais do que o Cruzeiro no negócio. Aí, fui falar com ele sobre um aumento para o jogador. O que ele fez? Não deixou eu falar do aumento, pegou o Arrascaeta e o levou pelo braço para fora da sala, me desrespeitando e ao Cruzeiro. Eu quero passar para nossa torcida que o nosso jogador está refém de um bandido que está dominando a mente do atleta.

Itair Machado comentou sobre a participação do Flamengo na confusão e que o clube carioca se manifestou sobre o caso contatando o clube mineiro.

- A novidade nesse caso é que o Flamengo me ligou ontem(quinta-feira) e hoje(sexta-feira). O Marcos Braz me contou que isso começou na gestão anterior que foi ao Uruguai falar sobre o jogador, mas agora quer sentar comigo e consertar a situação. Eu disse que fora o Dedé, não há jogador inegociável no Cruzeiro. O Cruzeiro só negocia, depois que o jogador se apresentar no clube. Não sou burro. Chamei o jogador para dar aumento, não para pressionar ele. Eu falei para o Marcos Braz. ‘Você está ajudando um bandido’. Se o Daniel liberar da dívida que temos com os dois clubes laranjas dele (Atenas e Defensor, do Uruguai), que dá entre 3,5 milhões a 4,5, milhões, ficando 10 milhões de euros líquidos, eu libero por 10.

O dirigente foi incisivo sobre as supostas ameaças ao jogador, negando que haja coação por sua parte do do Cruzeiro no caso para que Arrascaeta fique à força.

- O jogador publicou nas redes sociais aquilo para ir à Justiça do Trabalho e conseguir a sua liberação. Ele postou uma mentira para força sua saída do clube.

Por fim, Itair Machado afirmou que há clima para que o meia volte e se apresente normalmente no Cruzeiro, pois ele está sob contrato com o clube até 2021.

- Tem clima sim. E tem um contrato e uma obrigação dele cumprir o acordo que assinou. Repito. Ele está sendo vítima de um bandido. Tenho informações que ele já está acordando para a situação e que está vivendo uma mentira. Ele tem de lembrar que não joga mais no Defensor e sim no Cruzeiro, que tem departamento jurídico e sabe dos seus direitos.

Arrascaeta estaria em um hotel de Belo Horizonte com o seu procurador, aguardando o desenrolar da situação para saber se continua na Toca da Raposa ou se irá para o Flamengo em 2019.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance