Cruzeiro aproveita quarentena para reformular o planejamento da equipe
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Cruzeiro aproveita quarentena para reformular o planejamento da equipe

Angulo está emprestado ao Cruzeiro até o fim da temporada
A Raposa ainda está em busca de um acerto dentro de fora de campo para o ano de 2020-(Gustavo Aleixo/Cruzeiro)
Valinor Conteúdo - 22/03/2020 - 20:33
Belo Horizonte
O planeta está em combate frenético contra um inimigo invisível: o coronavírus, que vem afetando a vida de milhões de pessoas. E, o futebol não fica de fora desta crise sem precedentes. Mesmo assim, e de longe, há movimentações de bastidores em clubes como o Cruzeiro, que está buscando achar o melhor tom para lidar com o restante da temporada e conseguir o seu maior objetivo, que é voltar à Série A de 2021.

Esse “tempo extra” que todos ganharam com a quarentena, está sendo aproveitado pela direção da Raposa para colocar ordem e diminuir a pressão alta que vem envolvendo o time neste início de temporada, com atuações ruins, demissões e mudanças no departamento de futebol.

E, com a chegada de Enderson Moreira para comandar o time e de Ricardo Drubscky, na diretoria de futebol o Cruzeiro quer fazer no planejamento do futebol.

-O planejamento está sendo repassado e será melhorado pelos novos profissionais que chegam ao clube. A mesma fórmula de sucesso que o núcleo gestor teve na parte financeira e administrativa será aplicada e tenho certeza que o Cruzeiro terá também grandes resultados na área esportiva. Peço à nossa torcida que tenha um pouco de paciência com os jovens da base, pois eles certamente trarão bons frutos para o clube e com eles vamos construindo nossas próximas temporadas- disse Carlos Ferreira, interlocutor do conselho gestor em entrevista ao site oficial do clube.

Carlos disse a parada do futebol foi oportuna para ajustar o clube, apesar da crise do coronavírus estar afetando todas as áreas da vida.


E MAIS:
-Sabíamos que teríamos um início de temporada difícil, com muitos jovens da base e a falta de entrosamento do elenco. Esperávamos que este entrosamento chegasse, mas a evolução não foi a esperada. Por isso, o conselho gestor resolveu agir e substituir o treinador. O momento é propício e dá tempo para a adequação do cronograma de trabalho do novo técnico e o diretor de futebol. Eles chegam para desenvolver este trabalho, de acesso à Série A e o desenvolvimento das categorias de base-disse Carlos Ferreira.

Carlos Ferreira quer que a Raposa reforce o investimento na base, pensando na revelação de atletas que podem render o futuro esportivo e financeiro do clube.

-A base forte não deve ser um foco apenas para este momento, mas sim para as futuras gestões e a vida do clube. Isso, aliado a jogadores mais tarimbados e um trabalho com pessoas competentes e experientes, alinhadas à filosofia do Cruzeiro, serão a receita para um sucesso duradouro. É preciso nos ater ao planejamento-concluiu.




E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance