Adílson Batista é anunciado e será o quarto técnico do Cruzeiro em 2019
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Adílson Batista é anunciado e será o quarto técnico do Cruzeiro em 2019

Cruzeiro - Adilson Batista
Adílson Batista volta ao Cruzeiro quase dez anos depois da sua primeira passagem- (Acervo Lancepress!)
Valinor Conteúdo - 29/11/2019 - 15:01
Belo Horizonte
O Cruzeiro oficializou o seu quarto técnico no ano de 2019. Após Mano Menezes, Rogério Ceni e Abel Braga, Adilson Batista foi anunciado nesta sexta-feira como o novo comandante da equipe, pelo menos até o fim do Campeonato Brasileiro. Abel Braga se desligou da Raposa na manhã desta sexta-feira, 29 de novembro.

Adilson estava no Ceará, de onde foi demitido na última quarta-feira, 27, após goleada sofrida para o campeão Flamengo. Será a segunda passagem do treinador, de 51 anos, pelo clube celeste. A missão de Adílson Batista é, em três partidas para o fim da competição, tentar evitar um inédito rebaixamento da equipe celeste à Série B de 2020.

O novo comandante azul já vai para o campo com os jogadores ainda nesta sexta-feira, quando vai dirigir os trabalhos na Toca da Raposa II visando o duelo contra o Vasco da Gama, na segunda-feira, 2 de dezembro, em São Januário, no Rio de Janeiro.

Em coletiva, o gestor do futebol, Zezé Perrella, disse que a nova troca de treinador é dar um “choque” no elenco para salvar a Raposa da queda à segunda divisão.


E MAIS:
-Todos vocês sabem a relação minha de amizade com Adilson, tenho absoluta confiança nele, nesse momento que ele precisa também dar a volta por cima. Vejam como são as coisas. Quando o Ceará mandou ele embora, comentei com meus amigos, ‘como tem coragem de mandar treinador embora faltando quatro rodadas’. Acabei fazendo o mesmo. A chance de Adilson dar a volta por cima é classificando o Cruzeiro, é um desafio grande. Nem, combinei salário com ele. Disse ‘venha, vamos tirar o Cruzeiro dessa, e depois a gente conversa’. Se conseguir sair ou não, a gente conversa sobre o que vai acontecer com você ano que vem. É um sacrifício. Espero que a gente possa causar um choque- disse.

Adilson Batista vai pegar o Cruzeiro na 17ª posição, com 36 pontos, um a menos do que o seu ex-clube, o Ceará, 16º. Ele terá de melhorar os 40,7% de aproveitamento de Abel, que, em 14 jogos venceu três, perdeu três e empatou oito, não conseguindo três vitórias seguidas sob o seu comando.

Adilson Batista treinou o Cruzeiro pela primeira vez entre 2008 a 2010, conseguindo dois títulos mineiros (2008/2009) e vice da Libertadores, em 2009. No total, foram 169 partidas, com 97 vitórias, 34 empates e 39 derrotas. O vínculo do técnico com o clube mineiro também existe como jogador. Zagueiro, Adílson defendeu a Raposa entre 1989 e 1993, sendo campeão mineiro em 1990 e 1992, além de vencer duas Supercopas da Libertadores, nos anos de 1991 e 1992.

A reestreia de Adilson Batista no comando do Cruzeiro já será na segunda-feira, 2 de dezembro, às 20h, no Rio de Janeiro, contra o Vasco, 12º.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance