Adilson Batista admite que teve de recuar o Cruzeiro para evitar derrota
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Adilson Batista admite que teve de recuar o Cruzeiro para evitar derrota

A Raposa teve dificuldades em conseguir sua vaga na segunda fase da Copa do Brasil
A Raposa teve dificuldades em conseguir sua vaga na segunda fase da Copa do Brasil-(Reprodução/SporTV)
Valinor Conteúdo - 13/02/2020 - 23:28
Belo Horizonte
A expressão do técnico Adilson Batista ao fim da partida contra o São Raimundo, empate por 2 a 2, que garantiu a passagem da Raposa para segunda fase da Copa do Brasil, era de susto. O futebol que o time celeste apresentou não foi bom e o treinador reconheceu que houve uma pressão por parte da equipe de Roraima, o que o obrigou a recuar a equipe em parte do jogo para garantir o resultado.

O treinador criticou a atuação do time e até explicou porque optou por recuar a Raposa quando era pressionado pelo São Raimundo.



E MAIS:
-Foi um jogo de muita ligação direta, um jogo muito faltoso. Um jogo de muito choque, de bola parada. Você fica contente com a classificação, mas é um jogo para esquecer. Eu, particularmente, não gostei do que vi-disse, para em seguida admitir que teve de colocar sua equipe para defender mais do que procurar o ataque.

-O adversário te induz a isso (a recuar). Eu não joguei com regulamento. Eles estavam forçando, estavam tendo uma ligação e estávamos tendo dificuldades. Entrei no segundo tempo com Judivan, tivemos chances de fazer o segundo, o terceiro, criamos oportunidades, mas não fizemos, Não vejo problema em ter humildade e reconhecer que, depois, o adversário te colocou um pouco mais atrás- explicou.

O Cruzeiro terá o Boa Esporte na próxima fase da Copa do Brasil, em Varginha, em data a ser definida. Antes, o time celeste estará em campo no domingo, 16 de fevereiro, contra o Patrocinense, fora de casa, às 19h, pela sexta rodada do Estadual.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance