Corinthians volta a jogar mal e deixa a impressão de piora; leia análise
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Corinthians volta a jogar mal e deixa a impressão de piora; leia análise

Corinthians x Santos
Corinthians, mais uma vez, não teve boa atuação no ataque (Foto: Ivan Storti/Santos)
Yago Rudá - 26/10/2019 - 19:19
São Paulo (SP)
A qualidade do futebol apresentado pelo Corinthians segue em decadência. Mais uma vez, assim como já tinha sido contra Cruzeiro, Athletico-PR, Independiente Del Valle e em outras partidas atuando em casa, o Timão foi apático dentro de campo e não conseguiu alcançar seu objetivo. Desta vez, a equipe ficou no empate sem gols com o Santos e se complicou na briga por uma vaga na Copa Libertadores do ano que vem. 

Certamente, os mais de 32 mil torcedores que acompanharam o Corinthians no clássico saíram insatisfeitos com o desempenho de seu time, desta vez comandado pelo auxiliar Leandro da Silva, que substituiu o suspenso Fábio Carille. O Alvinegro não teve criatividade alguma no meio de campo, assim como não teve profundidade pelas laterais.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui




E MAIS:
Durante quase toda a partida, o Corinthians assistiu o Santos trocar passes em seu campo de defesa. O Peixe teve mais de 60% de posse de bola dominou o jogo do início ao fim, algo impensável há alguns anos visto a superioridade que o Timão historicamente tem contra seus adversários em casa. 

O problema, no entanto, não é novo. O time treinado pelo técnico Fábio Carille tem extrema dificuldade em manter um jogo ofensivo e, diante da sequência de cinco jogos sem vitória, a comissão técnica optou em escalar um time defensivo e apostar no contra-ataque. A tática não deu certo e o Corinthians assistiu seu rival tentar a vitória durante a maior parte do tempo. 

O futebol do Alvinegro segue dando mostras de franca decadência. Os meias não conseguem armar o jogo, o time perdeu a velocidade pelas laterais e os centroavantes, hoje o argentino Mauro Boselli, pouco participam da partida e não têm oportunidades de finalização. 

Neste momento, o panorama para o Corinthians é dos piores possíveis. O time já perdeu a vaga no grupo dos quatro primeiros do Campeonato Brasileiro, somou apenas quatro pontos nos últimos 18 disputados, e pode deixar a posição na zona de classificação para a Libertadores caso não demonstre evolução nas próximas rodadas. 

A equipe necessita de uma mudança de postura urgente dentro do campo. O Corinthians corre o risco de, pelo segundo ano seguido, ficar na Copa Sul-Americana e não ter protagonismo continental com a Libertadores, o que também acarretaria em prejuízos financeiros ao clube. O técnico Fábio Carille precisa encontrar soluções.

Facebook Lance Twitter Lance