Tiago Nunes aproxima sub-23 do profissional e busca soluções na base
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Tiago Nunes aproxima sub-23 do profissional e busca soluções na base

Jogadores da equipe sub-23 do Corinthians foram chamados por Tiago Nunes para o treinamento desta quarta
Alguns nomes da equipe sub-23 foram testados no time reserva do Corinthians em alguns treinamentos (Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians)
Yago Rudá - 12/03/2020 - 08:00
São Paulo (SP)
O técnico Tiago Nunes tem dado continuidade ao seu plano de integrar o elenco do Corinthians com as categorias sub-23 e sub-20. Na última quarta-feira, o comandante convocou alguns nomes mais jovens para comporem o treinamento no CT Joaquim Grava e a tendência é de que isto se torne comum no dia a dia do clube do Parque São Jorge. 

TABELA
>Confira a classificação atualizada do Paulistão e simule as próximas rodadas

A proposta da nova comissão técnica é alinhar as ideias de jogo e o método de trabalho da equipe profissional com os elencos das equipes de juniores e também dos aspirantes. Os treinos com os atletas mais jovens também servem como uma oportunidade de conhecer mais os jogadores e, caso alguém se destaque, promover ao time de cima. 

No dia 27 de fevereiro, Tiago Nunes comandou um jogo-treino entre os reservas do elenco profissional e o sub-23 do Timão. A atividade foi fechada aos jornalistas, mas os atletas do time principal venceram, por 4 a 1. Durante a partida, Tiago colocou alguns jogadores do time de aspirantes em sua equipe e fez alguns testes.

E MAIS:
Ainda dependendo de alguns reforços, a atual comissão técnica do Corinthians aproveita estes treinos com os atletas do sub-20 e também do sub-23 para captar novos atletas. Vivendo uma difícil situação financeira, o clube tenta prospectar soluções em sua categoria de base e também nos aspirantes. 

Um caso recente é o do atacante Nathan, artilheiro da equipe sub-20 no ano passado. Sem espaço na equipe profissional, o centroavante foi cedido ao time sub-23 e, depois de se destacar nos treinamentos, ganhou uma oportunidade de ser relacionado para o jogo do último sábado, contra o Novorizontino. 

- Já deixei claro internamente que quero valorizar muito a equipe sub-23.
Temos que ter um processo lógico na formação, sem pular etapas. Me considero um cara experiente para lidar com os jovens. Uma competição muito dura como a Copinha é um bom desafio para eles porque jogam sob pressão. Mas, ao mesmo tempo, precisam no mínimo conviver e disputar competições já profissionais para depois fazerem parte da equipe fixa principal. Então, quero usar bastante a equipe sub-23 - disse o treinador ainda no início da temporada.

Facebook Lance Twitter Lance