Resultados ruins e mau desempenho: Os motivos da queda de Tiago Nunes
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Resultados ruins e mau desempenho: Os motivos da queda de Tiago Nunes

Tiago Nunes - Corinthians
Maus resultados e desempenho ruim colaboraram para a demissão (Foto:Rodrigo Coca/Agência Corinthians)
LANCE! - 12/09/2020 - 07:00
São Paulo (SP)
O Corinthians demitiu o técnico Tiago Nunes na última sexta-feira (11), após a derrota para o Palmeiras, por 2 a 0, na Neo Química Arena. O revés para o arquirrival foi apenas o estopim para a decisão, que parecia cada vez mais próxima de ser tomada.

O treinador chegou com a expectativa de transformar o futebol do Corinthians, conhecido por ser mais defensivo, em um time com mais ofensividade. Apesar de um bom começo, a equipe sofreu o primeiro baque logo em fevereiro, quando foi eliminada na primeira fase da Libertadores, para o Guaraní-PAR. 

Já no Campeonato Paulista, a campanha foi marcada por diversos altos e baixos. Em clássicos, o Timão venceu o Santos por 2 a 0, empatou com o São Paulo por 0 a 0 e derrotou o Palmeiras, em jogo decisivo para a classificação às quartas de final, por 1 a 0. Porém, o que deixou a desejar foram os resultados contra equipes consideradas menores, o que atrapalhou o clube na classificação. 

Os números mostram o desempenho abaixo do esperado da equipe no ano. Com duas vitórias, três empates e três derrotas nos seus oito primeiros jogos no Brasileirão, o clube tem seu terceiro pior aproveitamento desde o início da fórmula de disputa dos pontos corridos, só perdendo para as temporadas de 2004 e 2012. 

Além disso, o Alvinegro tem seu pior aproveitamento na Neo Química Arena pelo Brasileirão. Em quatro partidas, foram uma vitória, dois empates e uma derrota, o que configura 41% de aproveitamento. 

Outro motivo apontado para a queda do treinador foi a perda de confiança do grupo de jogadores em seu trabalho. O presidente do clube, Andrés Sanchez, afirmou, nesta semana, que só demitiria o técnico caso ele perdesse o grupo.

- Eu não vou mandar o Tiago Nunes embora neste momento. Ele não tem culpa (da fase ruim). Tem culpa, mas apenas uma parcela, não é o único. Está uma pressão insuportável para tirá-lo. Não vou tirar. Quando ele perder o grupo, sim. Enquanto tiver o grupo, ele continua sendo técnico do Corinthians – disse o presidente, ao programa 'Tino Marcos Uchôa', do SporTV.

Tiago Nunes deixa o Corinthians com dez vitórias, dez empates e oito derrotas em 28 jogos disputados, um aproveitamento de 47%. Coelho assume a equipe interinamente e comanda o time diante do Fluminense, no próximo domingo (13), às 16h, no Maracanã.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance