Falta de viradas e gols sofridos: os problemas do Corinthians em 2020
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Falta de viradas e gols sofridos: os problemas do Corinthians em 2020

Corinthians x Ituano
Corinthians tem estatísticas ruins nesta temporada (Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians)
Gabriel Santos* - 16/03/2020 - 07:00
São Paulo (SP)
O Corinthians vive um momento ruim na temporada muito em conta de dois fatores: a falta de reação da equipe quando sai atrás do placar e os constantes gols sofridos em praticamente todos os jogos. 

Para se ter uma ideia da falta de evolução da equipe quando sai atrás do placar, o jejum de viradas vem desde a temporada passada: na vitória sobre o Fortaleza, por 3 a 2, no Castelão, ainda no Brasileiro, na estreia do técnico interino Coelho. De la para cá, são oito jogos, sendo três na competição nacional de 2019, quatro no Paulistão deste ano e uma na segunda fase da Libertadores. 

Com uma nova filosofia de jogo, o Corinthians passou a dar mais espaços na defesa. Prova disso é a quantidade de gols sofridos na equipe durante o ano. O sistema defensivo do Corinthians não foi vazado somente em duas partidas em 2020: na vitória sobre o Santos por 2 a 0 e no empate contra o São Paulo por 0 a 0. Em catorze jogos sob o comando de Tiago Nunes, foram quinze gols tomados, uma média de mais de um por partida.



- Tem que manter um nível de concentração maior. Sofremos gols realmente. É estatística, não tem como negar. Mas o gol de hoje (domingo) não tem culpado. O adversário tenta cruzar e a bola entra direto. Um movimento errado que dá certo. Não tem culpado. A defesa se portou bem. É circunstancial - afirmou Tiago Nunes após o empate diante do Ituano, no último domingo.

Com uma pressão por bons resultados, o Corinthians tem mais uma série de treinamentos para melhorar a performance e os números neste ano.

* Sob supervisão de Vinícius Perazzini

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance