Empresário fala sobre situação de Manoel no Corinthians e revela sondagens de outros clubes
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Empresário fala sobre situação de Manoel no Corinthians e revela sondagens de outros clubes

Manoel
O zagueiro Manoel está emprestado ao Corinthians (Foto: Ana Canhedo/Lancepress!)
Yago Rudá - 06/08/2019 - 08:46
São Paulo (SP)
Emprestado pelo Cruzeiro ao Corinthians até o fim desta temporada, o zagueiro Manoel tem seu futuro indefinido para o ano que vem. O desejo do jogador é permanecer no clube do Parque São Jorge, mas a diretoria do Timão ainda não sinalizou qualquer interesse de compra. Em contato com o LANCE!, Neco Cirne - empresário do defensor - comentou a situação e revelou ter recebido sondagens de outras equipes brasileiras.

- Tanto o Duílio (diretor de futebol do Corinthians) como o Vilson (gerente de futebol) sempre me falam coisas boas sobre o Manoel. Ainda não tivemos qualquer tipo de conversa sobre o contrato dele. O Manoel tem vínculo com o Cruzeiro, mas o desejo dele é permanecer no Corinthians. É um lugar onde ele se sente bem e tem se desenvolvido bastante - admitiu o empresário.




Titular da equipe de Fábio Carille desde o Campeonato Paulista, Manoel se firmou no Corinthians e hoje forma a dupla de zaga com o recém chegado Gil. Até aqui, são 31 partidas disputadas e três gols marcados. Por conta de seu bom momento e da indefinição de seu futuro, outras equipes já procuraram o agente do atleta.

- Recebi consultas de outros clubes. Semana passada, o Manoel foi procurado por uma equipe do Rio de Janeiro. Ainda não dá para definir nada, vamos esperar até o fim do ano. O normal seria ele voltar ao Cruzeiro e cumprir seu contrato. Contudo, o desejo é ficar no Corinthians - reiterou o empresário.


E MAIS:
Contratado pela Raposa em 2014, Manoel tem um salário considerado alto para um zagueiro do futebol brasileiro. De acordo com Neco Cirne, os valores têm relação com o momento em que ele chegou ao clube mineiro.

Isto porque, o jogador havia se destacado no Athlético-PR, sido eleito como um dos destaques do Brasileirão daquela temporada, e recebido propostas de São Paulo, Palmeiras e Shandong Luneng, da China. Como o Cruzeiro havia ganho a disputa ofereceu um salário alto e um contrato longo. 

- O Manoel tem um salário que foi feito em 2014. Na época, o Cruzeiro fez um contrato muito bom pra ele. Ele ainda tem um salário muito bom, ainda mais para zagueiro. A gente sabe que as coisas são diferentes agora por uma série de motivos. Não haveria problema em negociar estes valores - pontuou o empresário admitindo que o zagueiro estaria disposto a baixar sua pedida salarial para renovar com o Corinthians. 

Atualmente, os direitos de Manoel estão divididos da seguinte forma: 40% pertencem ao Cruzeiro, 40% são do Athlético-PR e os 20% restantes pertencem ao grupo de empresários que cuida de sua carreira. O Corinthians ainda não se pronunciou sobre o tema, mas a tendência é de que a diretoria alvinegra abra negociações no fim da temporada. 

Facebook Lance Twitter Lance