Ao L!, Éderson comenta sobre preparação na quarentena e sonha em disputar a Olimpíada de Tóquio
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Ao L!, Éderson comenta sobre preparação na quarentena e sonha em disputar a Olimpíada de Tóquio

Novorizontino x Corinthians - Éderson
Éderson conversou com exclusividade com o LANCE!  (Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians)
Gabriel Santos - 18/05/2020 - 08:37
São Paulo (SP)
O volante Éderson, contratado pelo Timão nesta temporada antes do começo da pandemia, contou, com exclusividade ao LANCE! como está sendo a rotina de preparação para a volta do futebol. Segundo o jogador, todos os cuidados estão sendo tomados pela comissão técnica do clube. 

- O Tiago está implementando a ideia dele, acho que é cedo pra uma grande mudança, ele tem um estilo de jogo diferente, mais agressivo e logo vai encaixar, mas isso precisa de um pouco mais de tempo, todos acreditam e confiam no trabalho dele. Nessa quarentena ele vem mantendo contato assim como toda a comissão e supervisores, estão todos deixando a disposição todo o tipo de ajuda e comunicação para facilitar nossas atividades e também preocupados com a saúde de cada jogador - afirmou. 

O jogador sonha em ser convocado à Seleção Brasileira que disputará a Olimpìada de Tóquio, no ano que vem. Para ele, estar atuando no Corinthians pode ser um fator para ele ser chamado ao plantel olímpico. 



- Com certeza, o Corinthians está sempre disputando as maiores competições e está sempre no mais auto nível. Acredito que se eu fizer o meu melhor aqui, com certeza posso aumentar as minhas chances de ser convocado e representar o nosso país - disse o jogador.

Veja a entrevista completa 

Como está a ansiedade para voltar aos treinamentos? Como está sendo esse período de quarentena?

Como todo jogador eu também estou ansioso para voltar ao trabalho o mais rápido possível, sinto falta de estar em campo. Esse período de quarentena está sendo um período muito ruim, porque não temos uma data concreta de quando tudo vai voltar ao normal, e acaba que misturando o medo do vírus com a saudade dos treinos, jogos e da nossa rotina toda.

Quais seus passatempos neste tempo de pandemia?

Nesse período de pandemia eu estou treinando todos os dias, jogando algum jogo em casa, assistindo filmes ou séries, e falando com amigos e familiares por chamada de vídeo pra matar a saudade também

Você chegou ao Corinthians com a temporada em andamento, com um time titular mais definido. Na sua opinião, esta parada pode ser benéfica para você conseguir um lugar na equipe titular?

Quando eu cheguei no clube todos estavam melhores fisicamente porque eu estava sem atuar por um tempo e sem a minha rotina diária. Mas independe da questão física de começar antes ou depois eu sempre busco treinar forte e melhorar, também sempre com respeito a todos.

A sua função é uma posição que tem muitos jogadores no elenco do Corinthians, como Gabriel, Camacho e Cantillo. Qual seu diferencial para ser titular da equipe?

Todos são grandes jogadores, mais experientes e cada um tem seu diferencial. Eu por exemplo tenho força e uma boa chegada ao ataque, mas isso depende muito do jogo e de como cada jogador se encaixa na função, as coisas sempre são resolvidas no detalhe, não tem como estar no Corinthians e não ser um bom jogar.

Você marcou um gol contra o Corinthians na Arena, jogando pelo Cruzeiro. Qual foi a sensação de marcar contra o clube e como você acha que será quando fizer um gol pelo Corinthians no estádio?

Foi um momento muito feliz, é sempre muito bom marcar um gol. Mas agora que estou no Corinthians estou ansioso pra marcar o meu primeiro gol pelo clube, acho que vai ser ainda mais emocionante e especial.

Nesta semana, o Andrés Sanchez, presidente do Corinthians, mandou um comunicado dizendo que o clube não jogará mais à noite e aos domingos, além da crise financeira dos clube. Como você lida com essas notícias?

Quanto ao momento do clube, acho que muitos clubes passam por dificuldades, mas isso não cabe a mim, tem grandes profissionais no clube com muito conhecimento e que estão procurando resolver tudo o mais rápido possível.

Você se espelha em algum jogador para construir uma bela história no Corinthians?

Sim, eu me espelho muito na trajetória do Paulinho no clube um cara que teve muito sucesso lá dentro e em outro clubes também, mas além disso, tem admiração e respeito por muitos no Corinthians. Esse é um jogador que eu teria o prazer de seguir os passos

Qual sua avaliação do trabalho do Tiago Nunes no Corinthians? Nesta quarentena, ele vem tendo contato com os jogadores ?

O Tiago está implementando a ideia dele, acho que é cedo pra uma grande mudança, ele tem um estilo de jogo diferente, mais agressivo e logo vai encaixar, mas isso precisa de um pouco mais de tempo, todos acreditam e confiam no trabalho dele. Nessa quarentena ele vem mantendo contato assim como toda a comissão e supervisores, estão todos deixando a disposição todo o tipo de ajuda e comunicação para facilitar nossas atividades e também preocupados com a saúde de cada jogador.


Você foi convocado para a Seleção Sub-20 em 2018. Tem o sonho de jogar a Olimpíada? Acredita que no Corinthians terá uma maior chance de ser convocado?

Com certeza, o Corinthians está sempre disputando as maiores competições e está sempre no mais auto nível. Acredito que se eu fizer o meu melhor aqui, com certeza posso aumentar as minhas chances de ser convocado e representar o nosso país.


 Como foi o processo para sair do Cruzeiro? Guarda alguma mágoa do clube?

Foi um processo muito difícil e doloroso, por vários motivos, Mas jamais vou guardar mágoa. Um clube que independe de tudo fez parte da minha carreira.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance