Corinthians deve pegar o Bahia sem seus principais goleadores no ano
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Corinthians deve pegar o Bahia sem seus principais goleadores no ano

Montagem - Jô, Luan e Boselli - Corinthians
Jô, Luan e Boselli são os que mais participaram dos gols do Timão (Foto: Montagem/Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)
Alexandre Guariglia - 15/09/2020 - 08:00
São Paulo (SP)
Como se não bastassem a má fase dentro de campo e os protestos fora dele, as perspectivas do Corinthians para enfrentar o Bahia, na próxima quarta-feira, às 21h30, na Neo Química Arena, são desanimadoras. Isso porque o técnico interino Dyego Coelho terá muitos desfalques para escalar o time titular, principalmente o ataque, já que não poderá contar com os três principais goleadores do elenco na temporada 2020: Jô, Mauro Boselli e Luan.

Na última segunda-feira já contamos aqui que o treinador terá que procurar alternativas para organizar o setor ofensivo do Timão, pois seus centroavantes de ofício, Jô e Boselli, não devem estar disponíveis para pegar o Tricolor baiano. O primeiro por ter sido punido pelo STJD com dois jogos de suspensão. O clube ainda poderia pedir o efeito suspensivo, porém isso ainda não foi definido. Já o argentino tem uma entorse no tornozelo direito e é desfalque certo na quarta.

Não há outro centroavante no elenco principal do Corinthians. Assim, Coelho deve improvisar na montagem do ataque com jogadores de mais movimentação, ou lançará um jovem da base, que no caso seria Cauê Santos, que já treinou com o grupo na última segunda-feira, no CT Joaquim Grava.

E MAIS:
A questão, porém, não fica apenas em uma simples troca de peças, mas também pela importância desse atletas na produção ofensiva da equipe. Jô já marcou cinco gols desde que voltou ao clube e Boselli balançou a rede seis vezes nesta temporada. Ambos estão entre os goleadores do elenco em 2020.

Junta-se a dupla outro desfalque que tem participação importante nos gols da equipe neste ano: o meia-atacante Luan, que tem estiramento leve na coxa direita. O camisa 7 anotou seis tentos com a camisa alvinegra desde o começo da temporada, dividindo com Boselli a artilharia anual do clube, o que deixa Jô na terceira posição nesse ranking. Fato é que os três estão fora de combate.

Somando o número de gols do trio chegamos a 17, o que corresponde a quase metade dos tentos anotados pelo Corinthians em 2020, que até aqui são 36, incluindo aqueles marcados na Florida Cup. Os jogadores que mais se aproximam dos três são meio-campistas com características mais defensivas, como Ramiro e Éderson, que marcaram três gols cada durante esta temporada.

Jô, Boselli e Luan também se destacam quando trazemos para a conta a participação direta em gols, ou seja, gols + assistências. Nesse quesito, Boselli e Luan já participaram de oito tentos cada (6 gols e 2 assistências), já o camisa 77 balançou a rede cinco vezes e deu uma assistência: seis participações.

O conforto do técnico Coelho é a volta de Fagner, que cumpriu suspensão diante do Fluminense. O lateral-direito é responsável direto por sete gols do time na temporada, tendo anotado um tento e dado seis assistências até aqui. Entre aqueles que mais participaram das bolas na rede em 2020, ele é o único que deve estar em campo diante do Bahia, nesta quarta-feira, às 21h30.

Confira os rankings citados no texto acima:

Goleadores do Corinthians na temporada

Boselli - 6 gols (lesionado)
Luan - 6 gols (lesionado)
Jô - 5 gols (suspenso)
Éderson - 3 gols
Ramiro - 3 gols
Gil - 2 gols
Danilo Avelar - 2 gols
Fagner - 1 gol
Araos - 1 gol
Everaldo - 1 gol
Léo Natel - 1 gol
Gustavo Silva - 1 gol
Mateus Vital - 1 gol
Janderson - 1 gol (deixou o clube)
Vagner Love - 1 gol (deixou o clube)
Gol Contra - 1

Top 5 Participações em gols na temporada:

1) Boselli - 8 (6 gols e 2 assistências) - lesionado
2) Luan - 8 (6 gols e 2 assistências) - lesionado
3) Fagner - 7 (1 gol e 6 assistências)
4) Jô - 6 (5 gols e 1 assistência) - suspenso
5) Janderson - 4 (1 gol e 3 assistências) - deixou o clube


Facebook Lance Twitter Lance