Casagrande comanda almoço com elenco da Democracia Corintiana
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Casagrande comanda almoço com elenco da Democracia Corintiana

Dinei Democracia Corintiana
Ex-jogadores do Corinthians marcaram presença no almoço da Democracia Corintiana (Foto:Reprodução)
LANCE! - 22/07/2019 - 17:24
São Paulo (SP)
O Corinthians iniciou a semana homenageando grandes jogadores do clube no Parque São Jorge. Com o ex-atacante e hoje comentarista, Walter Casagrande, comandou um almoço com personagens do elenco corintiano que fizeram parte da equipe bicampeã paulista em 1982 e 83, naquele período que ficou conhecido como Democracia Corintiana. 

Wladimir, Zé Maria, Émerson Leão, Rivelino, Zenon, entre outros atletas do elenco da década de 80 estiveram presentes e receberam homenagens no auditório do clube. Atletas de outras épocas do Corinthians também marcaram presença, como o atacante Dinei, que jogou na década de 90. 

- A Democracia Corintiana ficou marcada na história do futebol brasileiro. Foi um processo democrático onde todos recebiam e davam retorno ao clube. Foi um grande passo porque mudou a cabeça do atleta dentro e fora do campo - disse o ex-lateral Zé Maria.

Considerado o melhor lateral-direito da história do Timão, Zé Maria também comentou sobre os jogadores e suas opiniões políticas. Para ele, todo jogador primeiramente é um cidadão. 

- Todo atleta tem sua posição política. Agora, cada ser humano tem seu comportamento. O Neymar, por exemplo, não tem sido no momento um bom exemplo como profissional, mas como cidadão ele tem direito a tudo. 

Wladimir, considerado o melhor lateral-esquerdo do Corinthians,  enalteceu a amizade com os jogadores. 

- O time foi sensacional, maravilhoso. Tive a oportunidade de conviver com os companheiros fora de campo. o Rivelino me pegava em casa no começo da carreira, por exemplo. Vinhamos treinar e eu voltava com ele. Essa gentileza, que era recíproca, valorizamos demais. Conseguimos atingir o objetivo. 

O ex-jogador comentou sobre a relação do futebol com a política brasileira. 

- Nós nos posicionamos, subimos no palanque com o Lula, com os políticos que nós apoiávamos. Antes de atletas somos cidadãos, temos que contribuir com os momentos políticos do país - afirmou. 

Walter Casagrande, idealizador do evento, comentou porque teve a ideia de realizar o encontro.

- Mais importante é manter a palavra democracia viva. Esse foi o intuito dessa reunião, para podermos bater um papo, confraternizar. Pelo momento que o nosso país vive, acredito que fazer um evento desse que envolva a democracia, é muito importante - disse o ídolo do Timão. 

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance