Cantillo, sobre duelo com o Guaraní: 'Estamos jogando o semestre'
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Cantillo, sobre duelo com o Guaraní: 'Estamos jogando o semestre'

Guaraní-PAR x Corinthians - Cantillo
Cantillo em ação no primeiro jogo contra o Guaraní (Foto: Norberto Duarte/AFP)
Yago Rudá - 11/02/2020 - 13:36
São Paulo (SP)
O colombiano Victor Cantillo tem pouco mais de 30 dias no Corinthians, mas já está ciente da importância do jogo da próxima quarta, contra o Guaraní-PAR, pela Copa Libertadores. Escolhido pelo clube para ser o entrevistado na véspera da partida decisivo, o volante ressaltou que o Timão 'joga o semestre' diante da equipe de Assunção. 

- Sabemos que o Guarani será um rival difícil. É passado (sobre a derrota no jogo de ida) e estamos pensando que temos que reverter a decisão e conseguirmos a classificação. Estamos jogando o semestre e sabemos o quão importante é a Libertadores para o Corinthians. Sabemos o que temos de fazer nesta partida - afirmou o colombiano demonstrando foco na partida. 

Como o Corinthians perdeu o jogo de ida, por 1 a 0, precisa reverter o resultado com uma vitória por dois ou mais gols de diferença em Itaquera. Um triunfo do Alvinegro, por 1 a 0, leva o confronto para a decisão dos pênaltis. Qualquer outro resultado dá a vaga ao Guaraní.  



- Acredito que o treinador e nós fizemos um bom trabalho. Nos preparamos bem, amanhã vai ser um grande jogo para nós e vamos dar uma grande alegria para a torcida - pontuou o jogador em tom positivo. 

Para esta partida, o Corinthians tem um desfalque certo: o volante Ramiro, que se recupera de um estiramento no joelho direito. Sendo assim, a provável escalação do Alvinegro para a decisão com os paraguaios tem Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Gil e Lucas Piton; Camacho e Cantillo; Pedrinho, Luan e Everaldo; Mauro Boselli. O jogo será disputado em Itaquera, às 21h30.

E MAIS:
Confira, na íntegra, a entrevista coletiva de Victor Cantillo:

Sobre o jogo

Sabemos da responsabilidade que temos, estamos conscientes que temos que conseguir a reação.

Sobre a busca de espaços na partida
Sim, eles se defenderam bastante, se fecharam bem em casa. Mas nós criamos chances para trazer no mínimo um empate. Mas ficou para trás, estamos pensando em amanhã. Temos que ser pacientes, não podemos ficar desesperados. Mas precisamos impor o nosso ritmo ao jogo

O que o Corinthians pode fazer de diferente?

Eles se fecharam bem, era difícil, mas creio que aqui, com a nossa torcida, bom futebol, abrindo bastante os lados do campo para gerar espaços, vai ser algo importante para nós. Não podemos nos desesperar, porque isso pode gerar opções para eles se ficarmos loucos. Temos que pensar bem no que vamos fazer, ser precavidos e inteligentes.

Sobre Pedrinho
Vi no Pré-Olímpico, na Colômbia. Eu vi ele jogar com a seleção nesses jogos, sempre vi os da Colômbia e do Brasil. Vocês sabem tudo que ele dá ao time, se estiver vai poder nos ajudar muito. E, se não estiver, quem estiver na posição vai poder ajudar também

Sobre evolução pessoal 
Creio que estou melhorando jogo após jogo, sempre que tem que fazer coisas novas para ajudar o time, os rivais vão aprendendo a jogar contra nós. Temos que sempre fazer coisas novas para que seja difícil aos rivais conseguir as coisas contra nós.

Sobre o erro no lance que originou o gol da Inter da Limeira
Sim, obviamente, o gol da Inter é algo que preciso corrigir pessoalmente. Não posso perder a bola ali porque a equipe está exposta. Na construção creio que todos somos importantes. Tento sempre pedir a bola, ajudar, iniciar as jogadas. Todos são muito importantes e sabemos o que temos de fazer.

Sobre adaptação à vida em São Paulo e sobre as chuvas na última segunda
Estou contente aqui, tranquilo, que é o mais importante. Jogamos faz dois dias, não se treinam muito quando os jogos são tão seguidos, é mais descanso e pensando no próximo jogo, sabendo que damos a vida amanhã.

Sobre entrosamento com Camacho
Aqui todos são muito importante, Camacho, Gabriel, Richard, a ideia é a mesma. De sempre tentar fazer as coisas bem, o mais importante é o time e estar em prol deles. Quem jogar amanhã tem que fazer as coisas bem para conseguirmos a reação

Sobre a preparação pessoal para jogos tão importantes
Às vezes as pessoas não gostam de pensar no jogo, mas sempre fica na cabeça. Do que fazer, de como ir bem. Tem que ter tranquilidade, saber manejar as situações. Sou uma pessoa tranquila, tento não pensar muito no jogo e manter a calma.

Facebook Lance Twitter Lance