Andrés é chamado pelo Conselho para falar sobre dívida da Arena
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Andrés é chamado pelo Conselho para falar sobre dívida da Arena

Andrés Sanchez
Andrés Sanchez terá que dar explicações ao Conselho do Timão (Foto: Peter Leone/O Fotográfico/Lancepress!)
LANCE! - 17/09/2019 - 21:05
São Paulo (SP)
O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, foi chamado pelo Conselho do clube a dar explicações sobre a dívida do Timão relacionada a Arena, em Itaquera. A informação foi divulgada pelo 'Blog do Perrone' e confirmada pelo LANCE!

Antonio Goulart dos Reis, presidente do órgão, marcou para o próximo dia 30 reunião com o objetivo de discutir dois assuntos que dominam o clube neste momento. Um é a execução promovida pela Caixa Econômica para antecipar o pagamento da dívida integral da construção da arena alvinegra. O outro tema é o acordo fechado com a Odebrecht, que construiu o estádio do Timão. 

O pedido da reunião era constantemente realizado por grupos de oposição da atual diretoria, que cobram explicações de Andrés. Uma das principais reclamações é de que ele havia afirmado que os pagamentos estavam todos em dia, mas depois, admitiu atrasos nas parcelas em entrevista coletiva na semana passada, logo após a execução da dívida. 

Vale lembrar que nos últimos dias, a Caixa executou a Arena Itaquera S/A, ligada a Odebrecht e Corinthians por meio do fundo que a administra. A Caixa Econômica Federal cobra uma multa de R$ 48,7 milhões do Corinthians pelo atraso nos pagamentos das parcelas referentes à dívida da Arena. Em entrevista coletiva na semana passada, Andrés Sanchez afirmou que apenas duas prestações estavam atrasadas. 

Outro assunto que será tratado pelo Conselho é a relação com o construtora Odebrecht. O Timão tem um acordo com a empresa que quitou com a Odebrecht Engenharia e Construção pelas obras do estádio e equacionou débito com a Odebrecht Participações e Investimentos. 

Pela pressão da oposição nos últimos dias, a reunião promete ser quente, pois muitos opositores relatam falta de transparência. Resta saber o que acontecerá nos próximos dias na diretoria do Corinthians. 

Nas redes, uma nota que seria de Andrés Sanchez vem circulando sobre o que o mandatário entende ser disputa política interna no Corinthians.

"Devido ao teor infundado de mensagem que vem sendo propagada nas mídias sociais por grupo político amplamente rejeitado pelos associados na última eleição do Corinthians, o Presidente Andrés Sanchez se vê obrigado a vir a público para esclarecer que:

1. Jamais mentiu em seus pronunciamentos públicos ou ao Conselho Deliberativo do Clube nas manifestações a respeito da Arena Corinthians.

2. As parcelas do financiamento do BNDES repassadas pela Caixa Econômica Federal estavam em dia e sendo pagas nos termos combinados entre as partes, até que nos dois últimos meses houve um descompasso nos pagamentos conforme devidamente exposto pelo Presidente em entrevista coletiva concedida na semana passada.

3. O acordo com a Caixa existia efetivamente (conforme notificação enviada pela própria entidade ao fundo) e vinha sendo cumprido pelo Clube, mas em razão dos trâmites internos da referida instituição financeira ainda não haviam se materializado em instrumento contratual.

4. Houve a efetiva quitação financeira entre o Clube e a Construtora Odebrecht, de modo que o Corinthians nada mais deve à referida empresa.

Alegações maldosas e desprovidas de fundamento não irão desvalorizar o excelente acordo alcançado pelo Clube em relação à construção da Arena Corinthians.

Infelizmente, esse grupo político não se conforma com o sucesso da atual gestão, e rejeitado nas urnas não se dá conta, que emitir notas públicas sem a assinatura de seus líderes e inverter a ordem das coisas para tumultuar processos conhecidos dentro e fora do Clube apequena a instituição ao invés de engrandecê-la."


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance