O melhor da Rússia: as curiosidades da Copa do Mundo de 2018
menu button lance
lancelogo lancelogo lance
header-CopaDoMundo
LANCE
LANCE
X
Compartilhe



16/07/2018 | 12:24

O melhor da Rússia: as curiosidades da Copa do Mundo de 2018

  •  França x Croácia
    A Copa do Mundo da Rússia se encerrou neste domingo e viu a França conquistar o seu bicampeonato da competição, contra a Croácia, em Moscou. O Mundial contou com diversas curiosidades e recordes quebrados. Confira a seguir a lista com os feitos da edição de 2018 do torneio... AFP
  •  Gol cotnra
    A Copa de 2018 teve o maior número de gols contra da história do torneio. Foram 12 - o recorde anterior era de seis, em 1998. O primeiro gol da França na decisão do Mundial foi marcado por Mandzukic, que se tornou o primeiro jogador a fazer um gol contra em uma final de Mundial. Reprodução
  •  França x Croácia
    Foi a Copa do Mundo com o maior número de pênaltis marcados: 29, mais que o dobro da última edição.   (Foto: KIRILL KUDRYAVTSEV / AFP)
  •  Cartão amarelo mais rápido
    O cartão amarelo mais rápido da história das Copas também aconteceu neste Mundial. O mexicano Jesus Gallardo recebeu a punição aos 13 segundos de jogo contra a Suécia, ainda na fase de grupos. Divulgação
  •  Rússia x Arábia Saudita
    A goleada da Rússia por 5 x 0 contra a Arábia Saudita foi o maior triunfo de um país anfitrião em um jogo de abertura desde que a Itália venceu os Estados Unidos por 7 a 1 em 1934. (Foto: Francisco Leong/AFP)
  •  Os panamenhos comemoram o segundo gol na história dos Mundiais
    Pela primeira vez na história, todas as seleções marcaram ao menos dois gols na Copa do Mundo. (Foto: JACK GUEZ / AFP)
  •  Coreia do Sul x Alemanha
    A Alemanha foi a terceira campeã seguida a ser eliminada na fase de grupos da Copa seguinte, igualando-se a Itália em 2010 e Espanha em 2014.  (Foto: BENJAMIN CREMEL / AFP)
  •  Japão x Senegal
    Foi a primeira Copa desde 1982 que não contou com seleções africanas classificadas às oitavas de final. Todas as cinco foram eliminadas ainda na fase de grupos. (Foto: AFP/HECTOR RETAMAL)
  •  Essam El-Hadary
    O egípcio Essam El-Hadary se tornou o jogador mais velho da história das Copas (45 anos e 161 dias). Ele atuou na derrota diante da Arábia Saudita e ainda teve a oportunidade de defender um pênalti. AFP
  •  Portugal x Espanha Cristiano Ronaldo
    Cristiano Ronaldo tornou-se o jogador mais velho a marcar três gols em uma partida de Copa. O feito aconteceu logo na estreia, no empate por 3 a 3 contra a Espanha.  Ele ainda entrou para o seleto grupo de jogadores que marcaram em quatro edições consecutivas, ao lado de Pelé, Uwe Seeler e Klose. AFP
  •  França x Croácia - Mbappé - Taça
    Mbappé se tornou o jogador mais novo desde Pelé a fazer dois gols em um jogo de mata-mata de Copa. Além de também ter entrado para o seleto grupo de campeões mundiais que conquistaram o feito antes de completarem duas décadas de vida. (Foto: KIRILL KUDRYAVTSEV / AFP)
  •  Dinamarca x Croácia
    O goleiro Danijel Subasic, da Croácia, defendeu quatro cobranças de pênaltis na Copa e se igualou ao argentino Sergio Goycochea, que alcançou a marca na edição de 1990. AFP
  •  Deschamps - França
    Didier Deschamps se tornou o terceiro nome a ser campeão do mundo como jogador e treinador. Os outros dois nomes foram Zagallo (1958, 62 e 70) e Franz Beckenbauer (1974 e 90). (Foto: Franck Fife / AFP)
  •  O goleiro sérvio evita o gol de chapéu de Neymar
    Neymar foi quem mais tentou marcar no Mundial da Rússia, ao todo foram 27 finalizações. (Foto: ALEXANDER NEMENOV / AFP)
  •  França x Croácia - Modric
    Modric foi o jogador que mais ficou em campo na Copa: 694 minutos. (Foto: CHARLY TRIBALLEAU / AFP)
  •  Bélgica x Inglaterra
    A Bélgica foi o melhor ataque da competição, com 16 gols marcados. (Foto: PAUL ELLIS / AFP)
  •  Panamá x Tunísia
    O Panamá foi a pior defesa da Copa do Mundo. Sofreu 11 gols. (Foto: FILIPPO MONTEFORTE / AFP)
  •  Irã x Espanha
    O Irã foi a melhor defesa da Copa, com apenas dois gols sofridos. AFP
  •  Giroud
    Centroavante da seleção campeã do mundo, Giroud encerrou sua participação na Copa do Mundo sem nenhum chute no alvo. (Foto: AFP)
  •  Kane
    Harry Kane marcou seis gols e foi o artilheiro da Copa. Foi a segunda vez que um inglês foi o maior goleador de uma Mundial. Gary Lineker, em 1986, foi o outro, com o mesmo número. AFP


SEUCLUBE
atletico-paranaense
atlético mineiro
avaí
bahia
botafogo
ceara
chapecoense
corinthians
cruzeiro
CSA
flamengo
fluminense
Fortaleza
Goiás
gremio
internacional
palmeiras
santos
sao paulo
vasco
Siga nas redes sociais
Facebook Lance Twitter Lance