Água no chope: na estreia de Cuca no Santos, Raniel dá vitória ao Cruzeiro
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Água no chope: na estreia de Cuca no Santos, Raniel dá vitória ao Cruzeiro

  •  Santos x Cruzeiro
    Santos 0x1 Cruzeiro: veja as imagens do jogo na Vila Marcello Zambrana/AGIF
  •  Santos x Cruzeiro
    Santos x Cruzeiro Marcello Zambrana/AGIF
  •  Santos x Cruzeiro
    Santos x Cruzeiro Ricardo Moreira/Fotoarena
  •  Santos x Cruzeiro
    Santos x Cruzeiro Ricardo Moreira/Fotoarena
  •  Santos x Cruzeiro
    Santos x Cruzeiro Ricardo Moreira/Fotoarena
  •  Santos x Cruzeiro
    Santos x Cruzeiro Ricardo Moreira/Fotoarena
  •  Santos x Cruzeiro
    Santos x Cruzeiro Ricardo Moreira/Fotoarena
  •  Santos x Cruzeiro
    Santos x Cruzeiro Ricardo Moreira/Fotoarena
  •  Santos x Cruzeiro
    Santos x Cruzeiro Flavio Hopp
  •  Santos x Cruzeiro
    Santos x Cruzeiro Flavio Hopp
  •  Santos x Cruzeiro
    Santos x Cruzeiro Flavio Hopp
  •  Santos x Cruzeiro
    Santos x Cruzeiro Flavio Hopp
  •  Santos x Cruzeiro
    Santos x Cruzeiro Ricardo Moreira/Fotoarena
  •  Santos x Cruzeiro
    Santos x Cruzeiro Ricardo Moreira/Fotoarena
  •  Santos x Cruzeiro
    Santos x Cruzeiro Marcello Zambrana / AGIF
  •  Santos x Cruzeiro
    Santos x Cruzeiro Marcello Zambrana / AGIF
  •  Santos x Cruzeiro
    Santos x Cruzeiro Marcello Zambrana / AGIF
  •  Santos x Cruzeiro - VA
    Santos x Cruzeiro - VA Marcello Zambrana/AGIF
  •  Santos x Cruzeiro - VAR
    Santos x Cruzeiro - VAR Marcello Zambrana/AGIF
Ana Canhedo - 01/08/2018 - 21:24
Santos (SP)
Xodó da torcida cruzeirense, o atacante Raniel estragou a estreia do técnico Cuca no comando do Santos. Na noite desta quarta-feira, em plena Vila Belmiro, o Peixe perdeu por 1 a 0 para o Cruzeiro, que largou na frente na briga pela vaga à semifinal da Copa do Brasil. A partida ainda marcou também a estreia do árbitro de vídeo, que esteve à disposição do juiz durante o jogo, mas não foi acionado. O duelo de volta será no dia 15 de agosto, no Mineirão. A Raposa tem a vantagem do empate.

Antes disso, o Santos volta a campo neste sábado, às 16h, para enfrentar o Botafogo, no Rio de Janeiro. O Cruzeiro, por sua vez, visita o Vitória, na Bahia, no domingo. Ambos os jogos são pelo Campeonato Brasileiro. 

Temperatura lá embaixo...
Não bastasse o frio e a chuva na Baixada Santista, o primeiro tempo do jogo também não esquentou o coração dos poucos torcedores santistas presentes. Com marcação alta e forte do Cruzeiro, o Santos teve dificuldades para manter a intensidade alta. Bem postado, Egídio se desdobrou para frear Rodrygo e suas chegadas mais perigosas. O Rayo, inclusive, o único do time alvinegro a levar perigo. Bem instruído por Mano Menezes, o time do Cruzeiro se aproveitou de dois vacilos da defesa santista e chegou bem com chutes de Arrascaeta e Lucas Silva na sequência. Melhor para o goleiro Vanderlei.

Centro.. Quem?
Chamou a atenção a constante movimentação do ataque santista. Mandados a campo por Cuca em um 4-3-3, os homens de frente não guardaram posição. Rodrygo flutuou entre a direita e a esquerda do ataque e Gabriel, escaldo para ser centroavante, caiu bastante pela ponta direita. Bruno Henrique tentou usar sua velocidade habitual para partir de trás e levar perigo, mas não funcionou.

VAR ficou no quase...
Estreante da noite assim como o técnico Cuca, o árbitro de vídeo teve sua noite frustrada e não entrou em ação na Vila Belmiro. No começo da etapa complementar, Gabriel reclamou de empurrão de Lucas Romero dentro da área, Wilton Pereira Sampaio, então, ouviu de Bráulio Machado que o lance não era passível de revisão. Quase...

De bom tamanho?
Visivelmente mais preocupado em marcar os homens do Santos do que marcar gols, o Cruzeiro viu seu meio-campo fora de eixo na Vila Belmiro. Com Thiago Neves centralizado e Robinho e Arrascaeta aberto pelas pontas, os comandados de Mano Menezes tiveram muita dificuldade para propor o jogo, mostrando certa apatia diante do 0 a 0. Uma bela jogada de Rodrygo pela direita, que terminou em falta e vantagem mal dada pelo árbitro, parecia ser o melhor do segundo tempo. Parecia... 

A bola pune!
Se no primeiro tempo jogou mais distante da área, na etapa complementar Gabriel passou a ser mais acionado em posicionamento mais próximo ao gol. Um tanto quanto indeciso com a bola nos pés, perdeu a melhor chance da partida. Depois de assistência esquisita dada por Dodô, ficou cara a cara com Fábio e mandou nas mãos do goleiro cruzeirense. 

Quase na sequência do lance, Raniel recebeu boa bola de Robinho, balançou na frente do zagueiro David Braz e chutou no cantinho de Vanderlei, abrindo o placar para o Cruzeiro. Castigo para o Alvinegro, que desperdiçou boas chances na partida! Se antes já jogava fechada, a Raposa administrou ainda melhor a vantagem obtida e saiu do estádio com a vitória. 

FICHA TÉCNICA
SANTOS 0 X 1 CRUZEIRO


Local: Vila Belmiro, Santos (SP)
Data-Hora: 1/8/2018 - 19h30
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa/GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa/GO) e Bruno Raphael Pires (Fifa/GO)
Público/renda: 7.134 pagantes/R$ 147.429,00
Cartões amarelos: Gabriel (SAN), Rafinha, Rafael Sobis e Henrique (CRU)
Cartões vermelhos: -
Gols: Raniel (35'/2ºT) (0-1)

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Gustavo Henrique, David Braz e Dodô; Alison, Renato (Daniel Guedes, aos 27'/2ºT) e Diego Pituca (Copete, aos 39'/2ºT); Rodrygo, Bruno Henrique e Gabriel. Técnico: Cuca.

CRUZEIRO: Fábio; Lucas Romero, Dedé, Léo e Egídio; Lucas Silva e Henrique; Robinho (Rafael Sobis, aos 36'/2ºT), Thiago Neves (Rafinha, aos 29'/2ºT) e Arrascaeta; Barcos (Raniel, aos 9'/2ºT). Técnico: Mano Menezes.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance