Libertadores: Conmebol devolverá valor de ingressos; Torcedores terão preferência em nova compra
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Libertadores: Conmebol devolverá valor de ingressos; Torcedores terão preferência em nova compra

Monumental de Lima - Estádio
Estádio Monumental de Lima, no Peru, será palco da decisão da Libertadores 2019 (Foto: Divulgação)
LANCE! - 06/11/2019 - 09:20
Lima (PER)
Uma reunião na sede da Conmebol, nesta terça-feira, definiu a mudança da final da Copa Libertadores entre Flamengo e River Plate para Estádio Monumental, em Lima, no mesmo dia 23 de Novembro. Com a saída da decisão de Santiago, no Chile, a entidade anunciou que devolverá "100% do valor das entradas aos torcedores que tenham comprado por meio da forma de pagamento pela qual realizaram a compra". 

Ainda de acordo com o comunicado publicado no site oficial da Conmebol, aos mesmos torcedores que receberão o dinheiro de volta, será emitido um código que dará preferência para adquirir, em até 72 horas, um lugar na partida na capital peruana. "Após o prazo, o código ficará inválido, e as entradas serão colocadas à venda para o público geral", completa a nota. 

Confira a nota divulgada pela Conmebol na íntegra: 

"Com a mudança de sede da final única para a cidade de Lima, e considerando que os torcedores de ambas as equipes podem manter ou mudar suas decisões de viajar, a CONMEBOL estabelece as seguintes modalidades:

A) CONMEBOL devolverá 100% do valor das entradas aos torcedores que tenham comprado por meio da forma de pagamento pela qual realizaram a compra.

B) Aos mesmos torcedores se emitirá um novo código, que lhes dará direito de preferência de compra em até 72 horas. Após o prazo, o código ficará inválido, e as entradas serão colocadas à venda para o público geral."

CONTEXTO DA MUDANÇA

Até a última quarta, dia 30 de outubro, a Conmebol e as autoridades do Chile garantiam a realização da final da Libertadores em Santiago. Porém, com as manifestações cada vez maiores na capital - e sem indício que irão parar -, o cenário mudou. Uma convocação para um protesto no dia da final e na área do estádio foi divulgada, nas quais as ruas de acesso ao Estádio Nacional seriam bloqueadas.

As cenas de violência, a paralisação do futebol local e o cancelamento de outros eventos, inclusive internacionais, como Apec e COP 25, contribuíram para a alteração.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance